Câmara de Vereadores deverá contratar advogados de fora para atuarem junto à Perfuga

Segundo informações, após reunião que aconteceu no fim da tarde de segunda-feira (23), os vereadores de Santarém, juntamente com o presidente da casa, Antonio Rocha, debateram estratégias do Poder Legislativo em relação à Operação Perfuga. Um dos encaminhamentos da reunião às pressas, foi a contratação de pelo menos dois advogados de renome, para atuarem na relação da Câmara com à Justiça, Ministério Público e Polícia Civil.

Informações dos bastidores da Câmara, dão conta que o encontro foi marcado ontem, depois que alguns vereadores receberam intimação para depor na UIPP da Nova República, na presença do delegado José Kleidson Castro, responsável pelas investigações da operação, que investiga esquema de corrupção da Câmara de Vereadores de Santarém.

Desde agosto do ano passado, várias pessoas já foram presas. Atualmente estão presos o ex-vereador Reginaldo Campos, e o vereador Mano Dadai, preso na semana passada.

CÂMARA SE MANIFESTA: A Câmara Municipal de Santarém, em contato com a reportagem, informou que não irá contratar nenhum advogado para a defesa na Operação Perfuga. Com o seu quadro jurídico irá defender a Instituição.

RG 15 / O Impacto

4 comentários em “Câmara de Vereadores deverá contratar advogados de fora para atuarem junto à Perfuga

  • 25 de abril de 2018 em 15:34
    Permalink

    GOSTARIA DE VER ELES CONTRATANDO FABRICANTES DE PLACAS, PARA SEREM COLOCADAS NAS ESQUINAS INDICANDO OS NOMES DAS RUAS DA CIDADE, QUE MAIS PARECE UM LUGAREJO ONDE NÃO EXISTE NOMES NAS VIELAS, ONDE TODOS SE CONHECEM ! V E R G O N H O S O !!!

    Resposta
  • 25 de abril de 2018 em 08:06
    Permalink

    Que absurdo!!!! Será que os advogados de santarém não dão conta do recado? A OAB não é tão forte aqui, como dizem? Na hora do vamos ver, correm para Belém. Parabéns aos que estão lutando contra a corrupção!

    Resposta
  • 24 de abril de 2018 em 23:19
    Permalink

    Além de fazerem a festa com dinheiro público, ainda querem usar recursos públicos para se defenderem ou usar os servidores da Câmara como advogados particulares?
    Se houver vereador que não está envolvido em improbidade, este deve ser o primeiro a ser contra e a população precisa se manifestar. Estamos longe de Brasília, mas a Câmara Municipal está bem próxima e a sociedade tem como impedir abusos desses vereadores “incompetentes” (no sentido de incompetência legialativa).

    Resposta
  • 24 de abril de 2018 em 13:50
    Permalink

    É uma boa estratégia!! Além da liberdade, vão perder dinheiro também!! Ou será que usarão o dinheiro público? Contratar advogados é chamar os procuradores da câmara de incompetentes. Acho que os advogados da câmara deveriam se unir ao MP e a Polícia, pois lá seus conhecimentos seriam mais valorizados. Outra vergonha para Santarém!! Mas como foi que o presidente da Casa disse em um áudio, mesmo….? Lembrei, graças ao google: “contratar advogados para afrontar a promotora!”. Homem de palavra. Gosto disso!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *