Óbidos sedia a IV Conferência Municipal de Educação

Durante dois dias assembleia discutiu a reformulação do Plano Municipal de Educação para os próximos dez anos.

A cidade de Óbidos, no oeste do Pará, está sediando a IV Conferência Municipal de Educação (Cme). O evento iniciou na noite de quinta-feira (26) com uma programação cultural, seguida da solenidade de abertura com a presença de representantes do Governo Municipal, Conselhos e Câmara de Vereadores, tem como tema: “Refletindo Sobre o Sistema e Plano Nacional de Educação e a Avaliação do Plano Municipal de Educação”.

Durante a conferência, que está sendo realizada no cliper do bairro Santa Terezina, gestores escolares, educadores, alunos, pais e representantes da sociedade civil organizada debaterão acerca das prioridades para o desenvolvimento das políticas públicas de educação do município a serem desenvolvidas pelos próximos 10 anos.

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Educação, Aloísio Menezes de Barros Júnior, o evento tem a missão importante de avaliar e propor metas para a educação em Óbidos em um momento de grandes desafios para o setor. “Essa reflexão sob o plano nacional que norteará nossas propostas para o plano municipal são, acima de tudo, desafiadoras do ponto de vista das melhorias necessárias para a educação. Esperamos que essa assembleia faça essa reflexão e no decorrer da conferência formule e apresente propostas concretas para a efetivação de políticas públicas que melhorem a nossa rede”, ressaltou.

Presente na cerimônia de abertura, o prefeito Chico Alfaia destacou a disparidade de valores investidos na educação na região amazônica, que é comparada pelo Ministério da Educação com as redes públicas do sul e do sudeste do país. Para o gestor é preciso ter coerência e atuar com responsabilidade na elaboração do plano decenal para educação. “É impossível imaginar que o Mec nos repasse apenas trinta e nove centavos por prato de comida para as nossas crianças. Que recebemos o mesmo valor de rotas escolares de outras regiões fazendo esse transporte em condições adversas. É preciso pensar na educação para os próximos dez anos com reponsabilidade e coerência. São essas situações que esperamos discutir aqui, buscando soluções e metas concretas para o nosso plano de educação”, falou.

Na primeira noite do evento foi realizada a leitura e aprovação pela assembleia do regimento da conferência. A programação foi seguida da palestra magna que teve como tema: “A Consolidação do Sistema Nacional de Educação e o Plano Nacional de Educação: monitoramento para a garantia do direito da educação de qualidade social, pública, gratuita e laica”.

A IV Cme prosseguiu na sexta-feira (27) com os trabalhos de grupos, plenária de debates e aprovação de propostas e reunião dos seguimentos para a eleição dos delegados que representarão o município na Conferência Estadual de Educação.

Fonte: RG 15/O Impacto e Ascom/PMO

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *