PM desarticula quadrilha do tráfico, prende traficantes e apreende drogas em Prainha

Missão simultânea e contínua logra êxito e prende 4 pessoas por envolvimento em tráfico de drogas!
O comandante do 18° BPM Batalhão Gurupatuba tomou conhecimento que na cidade de Prainha a população estaria em pânico devido à divulgação em redes sociais e aplicativo de bate papo que um grupo de meliantes “faria arrastões” (assaltos simultâneos) na cidade. Foi enviada uma GU de Monte Alegre para que pudesse reforçar o policiamento já existente na cidade e realizar operações contínuas com intuito de saturar todos os bairros.
Durante os dias de sexta-feira, sábado e domingo (28, 29 e 30), através de denúncias da população e monitoramento os policiais realizaram as prisões das seguintes pessoas: Benemilson Carvalho (vulgo Careca), de 18 anos, preso por tráfico, com 01 papelote de crack, uma motocicleta utilizada no tráfico foi apreendida e 90 reais proveniente da venda de drogas. Sendo que o acusado é reincidente por tráfico e afirmou ter vendido momentos antes de sua prisão 15 papelotes de drogas em uma festa e ter gasto parte do dinheiro. Ele foi preso do bairro do Açaizal. Também um menor foi apreendido no bairro Açaizal),das iniciais R J M, de 17 anos, por tráfico de drogas, com 40 papelotes de oxi, uma motocicleta utilizada para entrega, 3 celulares e 93 reais proveniente da venda de drogas. Janderson Magno dos Santos (vulgo Neto), de 25 anos, por tráfico, com 6 gramas de OXI, uma motocicleta utilizada para entrega, 1 celular, joias, materiais utilizados para embalagem bem como 687 reais em espécie proveniente da venda de drogas e Comprovantes de Depósito no valor R$ 1.180,00 em que constava como transação da venda de entorpecentes. Rissia Jamile dos Reis, de 25 anos, por associação ao tráfico e apoio ao vulgo Neto.
Durante a operação foram colhidas informações com os próprios presos, e constatou-se que se tratava de uma quadrilha tendo em vista que todos tinham ligação entre si no tráfico e nos assaltos que ocorriam na cidade. Ressalta-se que dois dos integrantes (Nilda e Junior) já haviam sido presos no inicio do mês. Um outro integrante citado pelos acusados, vulgo LALÁ, evadiu-se da Cidade de Prainha com possível destino as cidades de Santarém ou Almerim
Nos celulares dos acusados foram encontrados vários áudios e imagens que configuravam ilícitos. Os acusados, bem como todo o material apreendido foram conduzidos e apresentados na DPC local.
Fonte: RG 15\O Impacto e Polícia Militar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *