PGR denuncia ministro da Agricultura, Blairo Maggi, por corrupção ativa

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) denúncia contra o ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), por corrupção ativa, sob a acusação de ter participado de um esquema de compra e venda de vagas no Tribunal de Contas do Estado do Mato Grosso (TCE-MT) na época em que era governador, em 2009, afirmou a assessoria de imprensa do órgão.

Além do ministro da Agricultura, o conselheiro do Tribunal de Contas Sérgio Ricardo de Almeida também foi denunciado por corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Provas colhidas durante a investigação apontaram que houve pagamentos ao então conselheiro Alencar Soares Filho para que ele se aposentasse. A medida foi efetivada em 2012 e permitiu a indicação do ex-deputado estadual Sérgio Ricardo de Almeida para a corte de contas. Em troca da aposentadoria, Alencar Soares teria aceitado propina em valores que podem chegar a 12 milhões de reais.

Fonte: Exame.com

Um comentário em “PGR denuncia ministro da Agricultura, Blairo Maggi, por corrupção ativa

  • 3 de maio de 2018 em 14:15
    Permalink

    Tem que acabar essa imoral e descabida indicação de cupinchas do governador ou prefeito para vagas em tribunais de conta ! Tem que ser funcionário de carreira, aprovado em concurso, após 15 anos de serviço, no mínimo !!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *