Violência na grande Belém – Terça-feira (8) fecha com cinco mortes e dois baleamentos

Até o final da noite desta terça-feira (8), foram confirmadas cinco mortes e dois baleamentos nos bairros de Belém. Um número até considerado pequeno se comparado aos últimos dias, mas igualmente triste e lamentável, reflexo de uma gestão perdida e falida.

MANHÃ

As mortes foram divididas em ‘turnos’. Pela manhã foram registrados dois crimes: o primeiro aconteceu no bairro da Cremação, onde Lucas Adriano de Freitas, de 19 anos, foi surpreendido por homens em uma moto e executado – um amigo que estava com a vítima foi baleado, mas socorrido.

Momentos depois, Márcio João da Conceição Anjos, de 35 anos, foi executado no final da manhã na travessa dos Pariquis, com a avenida Serzedelo Corrêa, no bairro Batista Campos. Novamente dois homens em uma moto passaram pelo local e atiraram contra o flanelinha, que morreu na hora. Houve perseguição policial e um dos suspeitos foi atingido e encaminhado para o Pronto Socorro da 14 (PSM da 14).

TARDE

Já no início da tarde, um ex-vereador foi assassinado na frente da própria esposa na avenida Júlio César, bairro do Souza. José Ribamar Ferreira dos Santos, de 42 anos, morreu dentro do carro e a mulher dele, Francisca Geane Medeiros de Aquino, de 37 anos, foi atingida pelos disparos e encaminhada para o PSM da 14. Testemunhas disseram que dois homens em uma moto foram os autores do crime.

E por volta das 14h, uma grande quantidade de tiros deixou em pânico pessoas que passavam na avenida Almirante Barroso, próximo a Antônio Baena, depois que um homem foi perseguido e covardemente executado quando fugia pela pista do BRT. Segundo informes, a vítima correu para fugir dos disparos, mas sem sucesso; ela morreu na hora.

NOITE

O quinto homicídio da noite de hoje foi registrado por volta das 20h no bairro Parque Verde, em Belém. A vítima é um homem conhecido como ‘chaolim’, morto por integrantes de um carro preto na passagem Teotônio Villela, entre a rua Yamada e a avenida Augusto Montenegro, em Belém.

As motivações do crime são desconhecidas e o nome da vítima ainda não foi divulgado.

Fonte: DOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *