Em meio à greve dos caminhoneiros, Petrobras aumenta o preço da gasolina em 0,74% nas refinarias

Em meio à crise do diesel e da greve dos caminhoneiros, a Petrobras resolveu, nesta quarta-feira (29), aumentar o preço da gasolina após cinco quedas consecutivas. A partir de amanhã o preço o preço nas refinarias subirá 0,74% e passará a ser de R$ 1,9671 por litro.

Apenas em maio, o preço do combustível acumula alta de 9,42%. Em 28 de abril, a gasolina nas refinarias custava R$ 1,797.

O preço do litro de diesel, conforme acordo do governo com os caminhoneiros, está congelado em R$ 2,101. Pelo acerto feito, o diesel não sofrerá aumento durante dois meses. Também tem queda de R$ 0,46. Desse valor, R$ 0,5 virão da extinção do PIS/Cofins e da Cide. Os outros R$ 0,11 serão subsidiados pelo governo com a Petrobras. As medidas custarão em torno R$ 10 bilhões.

Fonte: Congresso em Foco

2 comentários em “Em meio à greve dos caminhoneiros, Petrobras aumenta o preço da gasolina em 0,74% nas refinarias

  • 30 de maio de 2018 em 18:41
    Permalink

    Tem toda razão o Rubem e somente a sua privatização irá obrigar a concorrer com outras petrolíferas, daí melhorando a qualidade dos derivados e baixando o preço para o alívio de nossos bolsos. Privatização já chega de nos fazer de imbecis !

    Resposta
  • 30 de maio de 2018 em 18:36
    Permalink

    Até quando, ainda, teremos que suportar as molecagens e abusos dessa estatal, cujo monopólio só traz prejuízos aos brasileiros? Cabidão de empregos e refém dos sindicalistas e dos apaniguados dos políticos, a torna a menina dos olhos dos interessados em mamatas e falcatruas, defendidas com unhas e dentes pelos corrupto$ e esquerdalha$ sob o falso embuste do mantra “O petróleo é nosso” !!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *