CIDADÃO POLÍTICO

Todo ser humano é um animal político. Logo, eu não poderia ser a exceção e ficar ausente deste momento importante que estamos vivemos na democracia brasileira. A eleição do segundo turno para Presidente da República e em alguns estados como no nosso, eleição do segundo turno para Governador do nosso Estado de “ricas florestas”.

Eu, pelo menos, que já não sou mais “cabo eleitoral”, pois as redes sociais assumiram esse papel. Sou eleitor e como tal devo exercer o meu direito/dever de escolher o meu representante, (a omissão é pecado) no meu entendimento, o que seja bom para mim e, principalmente para o meu Município, Santarém. Se não prestar. Troca-se é a prerrogativa da democracia.

O nosso município de Santarém, de grandes referências, de laureados filhos e de destaques acentuados na cultura, principalmente, na música, cerâmica, artesanato, um grande patrimônio histórico, esporte e hoje considerada cidade universitária.

Das suas outrora belas praias que com as areias alvas perlongavam a frente da cidade, é a mesma Santarém de conflitos para manter o “caciquismo político” ou o “curral eleitoral”, de A ou B,como o fato que completou, neste ano, cinquenta  50 anos – como dizem – o caso do ex prefeito Elias Pinto e o deputado federal Haroldo Veloso e a Santarém, Município da área de Segurança Nacional

Hoje, os caciques que não conseguem conquistar nada na política, ou em outra iniciativa, dão aquela desculpa “esfarrapada” e que demonstra as suas incompetências: “O pessoal de Belém não deixa”. Será que foi o pessoal de Belém que não deixou eleger nenhum representante para o Legislativo Federal e Estadual, neste último pleito?

Então, neste segundo turno quero me arvorar de ser um cabo eleitoral de Santarém. Vamos dar uma olhada em volta e ver o que Santarém tem recebido do atual do governo do Estado. O outrora Município líder da região Oeste do Pará ou do Baixo Amazonas, hoje está de “pires na mão”. E o governo Estadual ainda retira um milhão de reais da quota mensal da saúde, para cá, em represália, por não estar alinhado com eles. E aí resta para os adversários os “rigores da lei”:  obras paralisadas, das promessas não cumpridas, sem presença marcante do Estado neste Município. Então, vamos voltar às urnas no dia 28 neste segundo turno E ESCOLHER O CANDIDATO QUE MELHOR SE IDENTIFICA COM SANTARÉM. É uma chance para sair deste marasmo. Preste atenção em quem você está votando! Pense nisso! //////////////////////// O responsável pela administração dos cemitérios centrais na zona urbana de Santarém, informou, através da imprensa, que quem quiser fazer obras de alvenaria nas sepulturas dos seus entes queridos, só poderão até o dia 20 de outubro. Tomara que a partir daí efetuem a limpeza para os difíceis acessos às sepulturas, ou então chegue para iluminar talvez, só de “Drone” no dia de finados. Está uma “esculhambação”. Estive lá referenciado os meus parentes e quase não conseguia chegar na sepultura da minha família, muito lixo, entulhos e uma demonstração clara dos descasos e de respeito para com os nossos mortos. //////////////////////// EM Assembleia Geral Extraordinária realizada no final do mês de setembro, a diretoria do FLUMINENSE ATLÉTICO CLUBE, RESOLVEU, APÓS 71 ANOS, SUSPENDER POR TEMPO INDETERMINADO AS SUAS PROMOÇÕES NA SUA SEDE SOCIAL, LOCALIZADA NA AV. PRESIDENTE VARGAS. COM OS SINCEROS AGRADECIMENTOS AOS FRENQUENTADORES.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *