Município de São Felix do Xingu a beira de um abismo de corrupção

“No centro das atenções a pedetista Minervina Barros, que só este mês recebeu cerca de 12 milhões de reais, funcionários sem receber, saúde e educação no caos total”.

O município de São Félix do Xingú, no Parque Nacional da Serra do Pardo, no Estado do Pará, pode estar passando uma das piores crises administrativas de sua história.

Não é de hoje que chovem denúncias de desmandos praticados por prefeitos contra esse Município. A da vez é a prefeita Minervina Maria Barros Silva (PDT) que alega ter recebido o Município sucateado, no entanto, parece ter empurrado o Município, de vez, para um abismo sem precedentes de negligência e desmandos.

Prefeita e o secretário de saúde Ireno Gomes

Somente no mês de dezembro de 2018 quase 12 milhões de reais foram arrecadados pelo Município, mas os contratados pela Prefeitura, ou seja os temporários e os fornecedores não sentiram sequer o cheiro desse dinheiro.

Os contratados estão há três meses sem receber, e os fornecedores, existem alguns, que estão há mais de seis meses sem receber um tostão da Prefeitura. O fato vem gerando uma crise econômica sem precedentes em todo o Município, beirando a falência dezenas de empresas. Bem como deixando centenas de famílias à beira da miséria, passando por necessidades até pra se alimentarem.

Como diz o velho ditado que “a corda sempre arrebenta do lado mais fraco”, é o povo que mais sofre com toda essa caótica situação. Nos postos de saúde não é possível sequer encontrar uma dipirona. Completamente sucateados, os postos de saúde estão quase todos fechados, pois além de não possuírem medicamentos, as pessoas que atendiam na área de saúde, inclusive os médicos, não estão recebendo seus salários, o que dificulta ainda mais o atendimento à população.

O hospital na comunidade de Taboca está literalmente fechado. Sem medicamentos, sem pessoal e maquinário sucateado, tornou se impossível o atendimento à saúde.

Os desmandos praticados pela prefeita Minervina Maria de Barros não param por aí, prestadores de serviços também não estão recebendo.  E dos 15 vereadores existentes no Município apenas um faz oposição à prefeita. Trata-se de Batista Abreu do PHS, que não tem forças suficientes para brigar contra a negligente situação.

A situação da educação também não é diferente, os professos se dizem insatisfeitos, ônibus escolar estão todos sucateados, tanto fornecedores como prestadores de serviços dizem que não vão voltar a trabalhar se a Prefeita não pagar. As aulas que começam em fevereiro estão sujeitas a não começar. Enquanto isso, a secretária Viviane Cunha não está dando a mínima para o caos que pode causar à educação.

Os outros apenas participam das churrascadas a céu aberto na tal chácara do lazer, enquanto a população sofre a falta até das migalhas do podre Poder Executivo daquele lugar. Festas e mais festas, onde somente a nata do primeiro escalão participa, são constantemente realizadas por lá. Talvez comemorando a desgraça do povo cada vez mais doente e faminto.

O vereador Railson, do PP, enfermeiro, fez juramento em defender a população, quando foi diplomado Vereador e outro quando enfermeiro, mas mesmo assim, está totalmente omisso diante dessa caótica situação, onde muitos estão morrendo por falta de atendimento à saúde no Município e outros definhando. Os comentários são de que ele recebe uma cota de mensalão para ficar de bico calado.

Até o carro que transportava doentes da comunidade de Taboca, fruto de uma emenda parlamentar de Jader Barbalho, foi transferido para outro local e no lugar, deixaram uma sucata que não dá pra sustentar a grande demanda.

Funcionários suspeitam ainda que a Prefeita está se locupletando dos recursos oriundos da previdência dos servidores. Já que não está repassando nenhum centavo ao INSS.

Clayton Eduardo da Silva, mesmo afastado do cargo, continua mandando

“A CASA DA MÃE JOANA”– Clayton Eduardo da Silva, filho da prefeita Minervina, foi afastado da Secretaria de Administração por desmandos e proibido pela Justiça de adentrar em qualquer recinto público administrativo, mas mesmo assim, existem denúncias de que ele ainda manda na pasta, atendendo seus parceiros, numa chácara de propriedade da família, a mesma onde são realizadas as “bacanazes” do Executivo, usurpando dinheiro público. Segundo denúncias, o filho da Prefeita faz reuniões secretas com secretários da Educação e da Saúde no mesmo local. Só Deus sabe o assunto dessas reuniões, mas os xinguenses imaginam do que se trata. Clayton está sendo investigado pela Policia por irregularidades em permutas com imóveis pertencentes ao patrimônio público.

Fonte: RG 15/O Impacto

5 comentários em “Município de São Felix do Xingu a beira de um abismo de corrupção

  • 9 de janeiro de 2019 em 16:18
    Permalink

    No Nereu não é diferente. Falta até combustível para a ambulância. Tem dia que tem que sair na rua procurando carro para leva os que precisam. Sendo que aqui tem vereador e não faz nada, capaz q acha que vai ganhar outra vez. Pois os postos de gasolina não vendem fiado pois não recebem. Aqui tem uma uma ambulância nova uma caminhonete zerada mas te pergunto pra que? Pois não tem combustível . E outra coisa as pessoas que prestam serviço pra prefeitura não receberam estão com os salários atrasados. Isso e falta de fazer o que fizeram com a Dilma e ir pra rua e pedir pra ela sair da prefeitura e pronto.

    Resposta
  • 8 de janeiro de 2019 em 14:27
    Permalink

    Uai… mais moro na Taboca e vejo e três escola aqui. GLOBO VERDE. CRECHE E ABRÃO. Tudo escola. Antes só tinha a Grobo Verde.

    Acho que esse veriador Batista que mesmo é ser candidato de novo. Já começou foi a pulitica.

    Resposta
  • 8 de janeiro de 2019 em 13:34
    Permalink

    Uma ação que me deixa intrigado,
    Arrumaram esse meio de lesar o trabalhador,
    Com esse contratinhoso de 3 meses,
    Sem décimo, sem férias, e sem seguro!
    CO modelo fica nossa cituação perante *INSS*?

    Resposta
  • 8 de janeiro de 2019 em 12:37
    Permalink

    Aqui no distrito taboca nem se fala no descaso onde a criminalidade lamentando a cada dia A saúde o povo morrendo por falta de médico a educação uma escola apenas pra atender uma grande demanda estamos em um navio naufragado sem capitão e o povo sofrendo com tudo isso e vejo o único remendo contra a maré e o nosso vereador Batista que está em uma guerra sem munição.

    Resposta
  • 8 de janeiro de 2019 em 12:31
    Permalink

    Na realidade só Deus pode nos salvar não tivemos até hoje nenhum prefeito que se preste em nosso município e aida tem pessoas que só pensam em si mesmo e em seus favores pessoais que são soldados até hoje desses outros corruptos das gestões passada qual é o bom?João Cleber?levino?denimar?o povo tem que se liberta desses câncer dessa corja minervina coitada e outra merda ainda pior que os outros.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *