GRUPO CR PEDE RECUPERAÇÃO JUDICIAL

A recuperação judicial tem por objetivo viabilizar a superação da situação de crise econômico-financeira do devedor, a fim de permitir a manutenção da fonte produtora, do emprego dos trabalhadores e dos interesses dos credores, promovendo, assim, a preservação da empresa, sua função social e o estímulo à atividade econômica.

Pensando assim, o diretor do grupo CR, César Ramalheiro, pediu a recuperação judicial, visto que os investimentos realizados com recursos dos bancos, não alcançaram o efeito desejado, uma vez que a crise financeira provocada pelo governo, atingiu as empresas que estavam investindo com capital de terceiros, deixando de cumprir o planejamento financeiro programado  quando o país não estava em crise.

O plano de recuperação da empresa em juízo, foi apresentado com discriminação pormenorizada dos meios de recuperação a serem empregados, demonstração de sua viabilidade econômica e laudo econômico-financeiro e de avaliação dos bens e ativos do devedor, subscrito por profissional legalmente habilitado por empresa especializada.

Proferida a decisão pelo juiz, o devedor permanecerá em recuperação judicial até que se cumpram todas as obrigações previstas no plano que se vencerem até 2 (dois) anos depois da concessão da recuperação judicial.

Mas, para manter a empresa operante, é preciso que as pessoas continuem atuando e produzindo, possivelmente mais do que antes, para que se mantenham os serviços prestados com qualidade e a produtividade da empresa.

É preciso trabalhar com a estrutura mínima para compatibilizar os custos com o momento da organização. O gestor vai ter que analisar a atual administração operacional e não é nem um pouco fácil selecionar quem fica e quem vai ser demitido. O gestor precisa fazer um mapeamento de perfis, faixa salarial e estabelecer uma política que fique clara para seus colaboradores.

 

 

35 comentários em “GRUPO CR PEDE RECUPERAÇÃO JUDICIAL

  • 26 de janeiro de 2019 em 10:47
    Permalink

    OS MEUS VOTOS AO GRUPO CR DE BREVE RECUPERAÇÃO E VOLTAR A NORMALIDADE OFERTANDO CENTENAS DE POSTOS DE SERVIÇO E A QUALIDADE DE DOS PRODUTOS.
    TENHO CERTEZA QUE O CÉSAR TERÁ A SABEDORIA E TRANQUILIDADE E PASSAR POR ESTÁ FASE.
    CÉSAR, ESTAMOS COM VOCÊ EM PENSAMENTO POSITIVO E ORAÇÃO.

    Resposta
  • 25 de janeiro de 2019 em 17:17
    Permalink

    Mesmo praticando preços estratosféricos, o grupo ainda conseguiu levar a empresa à falência? Das duas uma: fraude ou má gestão de dar dó!!! Os preços praticados pelo CR sempre foram “extorsivos” e a entrada dos grupos Avante e Atacadão no mercado fiz com que o CR tivesse uma pequena concorrência!

    Resposta
  • 25 de janeiro de 2019 em 15:22
    Permalink

    o povo santareno era explorado por esse grupo e ainda de orgulha?Aqui em santarem as empresas só vivem de aparencia.

    Resposta
  • 25 de janeiro de 2019 em 15:07
    Permalink

    os comentários sao so de bajuladores do cesar ramalheiro , os santarenos ainda agradecem,anos de exploraçao,preços exorbitantes.Toma!Arrogancia,só queria comer sozinho,quem tem o olho maior que a barriga dá nisso.Aqui em Santarém as empresas sao so de aparencia.Ainda falam de orgulho…orgulho de serem explorados por esse grupo.

    Resposta
  • 25 de janeiro de 2019 em 15:04
    Permalink

    os comentários sao so de bajuladores do cesar ramalheiro , os santarenos ainda agradecem,anos de exploraçao,preços exorbitantes.Toma!Arrogancia,só queria comer sozinho,quem tem o olho maior que a barriga dá nisso.

    Resposta
  • 25 de janeiro de 2019 em 13:26
    Permalink

    O CR é orgulho de Santarém! Estamos torcendo pela recuperação o mais breve possível. Acreditamos nos gestores da empresa.

    Resposta
  • 25 de janeiro de 2019 em 13:22
    Permalink

    Amo o CR Supermercados e torço pra sua recuperação. Mais do que nunca farei minha compras em suas lojas!
    #forçaCR
    #CR ladoaladocomvocêsempre

    Resposta
  • 25 de janeiro de 2019 em 09:50
    Permalink

    Acredito na recuperação, em breve tempo, do grupo CR. Seguramente, é o grupo que mais emprega direta e indiretamente, em Santarém, portanto, é hora do povo Santareno dar a sua contribuição, para que o Grupo saia dessa situação e continue operando normalmente. Tenho plena confiança na competência do Cezarito.
    Força, meu irmão! Deus no comando!!

    Resposta
  • 25 de janeiro de 2019 em 09:33
    Permalink

    O CR passou anos comendo sozinho. Praticava margem de lucro altíssima. Quando chegou a concorrência e assim sua capacidade administrativa e financeira foi posta à prova, não resistiu e quebrou ! Espero q chegue outra rede à cidade, senão ficaremos à mercê dos atacarejos.

    Resposta
  • 25 de janeiro de 2019 em 09:22
    Permalink

    Cr e tudo em Santarém ,isso é crise,como tudo passa,nosso amigo César vai sair dessa situação, vai dar tudo certo estamos na torcida.

    Resposta
  • 25 de janeiro de 2019 em 05:25
    Permalink

    Tenho absoluta certeza que o Grupo CR recuperará sua saúde financeira. Continuo mantendo minha fidelidade de cliente e espero que todos os Santarenos entendam a importância de ajudarmos nessa recuperação. Vamos lá Cezar. Vamos sair dessa e dar a volta por cima. Estamos com vocês.

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 23:49
    Permalink

    Ser empregador no Brasil corre esse risco principalmente no nosso estado onde o ICMS é mais alto do país. A logística é complexa onde há décadas nossos governantes não dar uma infra estrutura ideal para desenvolvimento da nossa região ! É ressaltando aos Santarenos que o grupo Cr fomenta a economia local através das parcerias com pequenos produtores e empresas locais gerando milhares de emprego e renda ! Os grandes atacadistas enviam suas receitas as matrizes. Assim deixando nossa cidade com menos recursos circulando ! Acredito na potencialidade e competência dos diretores do grupo CR. Desejo um ótimo planejamento estratégico e que Deus abençoe!

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 23:13
    Permalink

    Conheço o grupo CR, acredito sim em sua recuperação, acredito que o gestor tomará decisões acertadas. Rever seus erros e acertos e o primeiro psso, levar sim em consideração a concorrência é segundo passo, focar muito na qualidade no atendimento e preço e terceiro passo, o restante e decisões tomadas pelos gestores. Desejo muito sucesso ao grupo.

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 22:49
    Permalink

    O senário em que a economia passou nos últimos anos e a mudança de hábitos dos consumidores em decorrência do fator “crise” acredito eu que tenho sido carro chefe para tal situação, em vista que o planejamento não previa esse período turbulento. Os grandes investimentos do tipo atacarejo tem destacado no momento atual. Acho que uma reformulação diante do mercado seria uma possibilidade de sobrevivência no mercado.

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 20:55
    Permalink

    Também torço para que esse grupo se recupere, pois isso, certamente, evitará que um grande número de pessoas, país, mães, arrimos de famílias fiquem desempregados.

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 20:39
    Permalink

    Como ex colaborador da empresa, torço para que tudo seja normalizado o mais rápido possível, além de tudo que representa para a região o CR Supermercado é fonte de emprego e renda para um grande número de famílias Santarena, força aí César Ramalheiro. #tmj

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 20:27
    Permalink

    Eu como consumidor vejo que com o surgimento do atacadão e do avante que oferecem preços bem mais baixos que o cr, houve uma gra de perda de clientes. O administrador não se preocupou com a concorrencia apenas se dedicou a abrir filiais ao invés de baixar os preços e assim a demanda por outros supermercados foi grande. Agora com a RJ é planejar melhor em busca de sanar a situação.

    Resposta
    • 24 de janeiro de 2019 em 23:08
      Permalink

      Que comentário ridículo! Muito sem noção. Por acaso conhece a forma de gestão da empresa por dentro, para querer falar como se tivesse conhecimento de causa? Estudou e graduou em Economia e Administração? Vai tentar ser razoável no teu ramo e deixa quem entende em paz, no caso o César e sua equipe , fazendo o trabalho que sabem fazer.

      Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 20:24
    Permalink

    Simplesmente amo o Cr e tenho certeza que essa crise vai passar…

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 20:03
    Permalink

    Espero que se recupere! Mas culpar a crise é inviável!! Agora é ver onde errou e concertar! ☺️ Boa sorte!

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 20:00
    Permalink

    tudo nessa vida tem um jeito!só precisa ter um plano bem elaborado porque uma boa idéia faz toda diferença, força Deixo aqui minha frase “tudo na vida passa,e o nosso grande inimigos não podemos vencer que é o tempo”,mais podemos acompanha ele do lado fazendo com que as coisas se realizem! Adventure turismo

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 19:58
    Permalink

    Eu torço para que o grupo consiga se reerguer. Faço minha parte como sempre fiz, compro diariamente tanto para minha casa como para minha empresa em lojas do grupo pq o que elas me dão de comodidade é sempre maior do que qualquer preço de atacadista!!
    “#TamoJuntoCR”

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 19:57
    Permalink

    Em face a toda a situação a de se ter uma preocupação ainda maior aos pais e mães de família que desenvolvem suas atividades laborais na empresa, bem como respeitar os direitos e garantias destes.

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 19:53
    Permalink

    Acredito no potencial dessa empresa,tudo nessa vida tem um jeito!só precisa ter um plano bem elaborado porque uma boa idéia faz toda diferença, força Deixo aqui minha frase “tudo na vida passa,e o nosso grande inimigos não podemos vencer que é o tempo”,mais podemos acompanha ele do lado fazendo com que as coisas se realizem! Adventure turismo

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 19:09
    Permalink

    Eu como especialista em Direito Empresarial e especialista em Direito Falimentar também, acredito, que com um bom Plano de Recuperação Judicial, que agregue principalmente a injeção de capital de terceiros, é possível que ela saia da crise. Tudo vai depender do Plano apresentado e da viabilidade econômica da empresa. Temos que acreditar nisso e torcer para que uma empresa genuinamente santarena continue no mercado.

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 19:07
    Permalink

    Torcemos para que o Grupo saia fortalecido dessa fase…grupo integro e serio…fonte de admiracao do empresariado paraense e que sempre lutou pelo desenvolvimento do baixo amazonas…

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 18:56
    Permalink

    Tenho absoluta confiança e a convicção que o grupo CR breve se recuperará. O momento é difícil para todo o empresariado brasileiro. A competência e a seriedade dos gestores certamente contribuirá para o sucesso da empresa.

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 18:31
    Permalink

    Grupo CR tem a sua marca registrada de seriedade, idoneidade, tem capacidade de reverter esta situação, já empregou um número significativo de trabalhadores , contribuindo com muitas famílias e com o desenvolvimento de Santarém.
    Agora é a vez dos santarenos retribiurem com compras em seus supermercados é desta forma ajudar os supermercados CR um grupo genuinamente Santareno, retornar suas atividades normais .
    Deus no comando de sua gestão.

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 18:29
    Permalink

    Conhecedor da seriedade, integridade, firmeza de propósito e compromisso social, marcas do gestor empresarial César Ramalheiro, acredito firmemente que as dificuldades enfrentadas momentaneamente pelo Grupo CR serão superadas ao longo do período de recuperação judicial. Sucesso aos seus gestores e colaboradores.

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 18:11
    Permalink

    O CR Supermercados faz parte da história de Santarém.
    Sempre foi orgulho pra nossa cidade, continuamente inovando, movimentado nossa economia e gerando muitos empregos, diretos e indiretos.
    Acredito no potencial administrativo do Grupo e creio que em breve teremos um capítulo de superação.

    João Pingarilho
    Massamix

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 17:55
    Permalink

    Faço votos para que nesse período o grupo consiga superar as dificuldades.
    Sabedor da grandeza dessa família, do quanto arrojados o são, do quanto guerreiros o são, certamente vencerão e seguirão avante para grandeza de nossa Santarém.

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 17:52
    Permalink

    Vai dar tudo certo! Estamos na torcida para o grupo superar a crise!

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 17:46
    Permalink

    Força grupo Cr, Santarém está com vcs

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 17:27
    Permalink

    Até a CELPA se socorreu da RJ para se reerguer! Instrumento legal à disposição de empresas em difícil situação econômico-financeira. Torço pela sua recuperação em tempo razoável! Empresa genuinamente santarena.

    Resposta
  • 24 de janeiro de 2019 em 17:10
    Permalink

    Situação triste. Mas o gestor tem responsabilidade o suficiente para administrar a situação com toda prudência e não deixar uma marca negativa na sociedade onde gerou tantos empregos diretos e indiretos. Já participei de processo de recuperação judicial e sei que não é fácil certas decisões. Vamos torcer para um restabelecimento dentro do planejamento traçado.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *