Helder criará grupo de trabalho para analisar barragens de rejeitos existentes no Pará

O governador Helder Barbalho adotou medidas, na manhã deste sábado (26), para verificar, em caráter de urgência, a situação das 66 barragens de rejeitos existentes no território paraense. As ações de prevenção e planejamento estão voltadas para deixar o Pará em uma situação tranquila e segura com relação às estruturas.

O governador ligou para o Secretário de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), Mauro Ó de Almeida, e sugeriu a criação de um grupo de trabalho para acompanhar o processo de verificação e análise das 66 barragens existentes no Pará, sendo que duas delas são consideradas de alto risco.

“Esses exemplos que estão acontecendo em outros lugares devem nos servir como referência para que possamos agir com prevenção e planejamento. Já solicitei iniciativas imediatas que evitem surpresas com episódios lamentáveis e dramáticos como estes que estamos assistindo nesse momento em Minas Gerais”, ratificou o governador.

Preventivamente, a Semas já está alertada e autorizada a coordenar, junto com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração, Energia e Turismo (Sedeme), estratégias para agir nesse contexto.

As informações são da Agência Pará.

(DOL)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *