Pai é preso acusado de estuprar as filhas em Santarém

O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Atendimento à Criança e ao Adolescente (DEACA) de Santarém, pela mãe das vítimas, que hoje são adolescentes, com 12 e 13 anos.

Conforme o relato das vítimas à delegada Mila Moura, os abusos sexuais iniciaram quando elas tinham 7 e 9 anos.

Os pais delas são separados, e os abusos foram descobertos quando as vítimas foram morar com a mãe.

Segundo as adolescentes, o crime ocorria na casa do preso, que as ameaçava de morte, caso elas contassem a alguém. Tais ameaças fizeram que as vítimas não soubessem do estupro uma da outra.

Com o depoimento das vítimas em mãos, a delegada titular da Deaca, instaurou inquérito policial, solicitou procedimentos necessários para levantamento de provas do crime, entre eles, a realização dos exames sexológicos.

Diante dos fatos, a autoridade solicitou o mandado de prisão preventiva à Justiça, que deferiu o pedido. A prisão foi cumprida pela Dr. Mila Moura e equipe de investigadores, na manhã desta quinta-feira (31).

Visando atender a legislação pertinente ao caso, nossa reportagem não identificou o suspeito e nem divulgará a localidade onde tudo aconteceu, com o objetivo de preservar a identidade das vítimas.

RG 15 / O Impacto com informações da PC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *