Polícia Civil impede assaltos a dois bancos e sete morrem em confronto

erça-feira, 5, a Polícia Civil do Pará deflagrou uma operação para prender integrantes de uma quadrilha que planejava assaltar duas agências bancárias, na cidade de Acará, nordeste paraense. O grupo de assaltantes foi abordado no momento em que trafegava em uma estrada rumo à agência a ser assaltada.

No momento da abordagem policial, os criminosos efetuaram disparos contra os policiais que revidaram aos tiros e atingiram inicialmente quatro suspeitos. Eles ainda chegaram a ser socorridos, mas não resistiram. Outros três suspeitos foram baleados e também morreram.

A operação foi efetuada por policiais civis da Divisão de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) e Grupo de Pronto-Emprego (GPE). 

Segundo o delegado titular da DRFR, Ricardo do Rosário, o alvo dos assaltantes seriam duas agências bancárias da cidade e, de acordo com as investigações, o assalto seria realizado no dia de hoje. Ricardo explicou que a equipe policial permaneceu fazendo monitoramento do bando até o momento da abordagem. “Aguardamos eles saíram do local onde estavam escondidos na região para abordá-los no ramal, para segurança dos moradores da região, antes que os assaltantes chegassem à área urbana do município”, ressalta o delegado.

Nota oficial da Secretaria de Segurança Pública do Pará (Segup):

A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) informa que o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, unidade Belém, recebeu no final da tarde de hoje, sete corpos de pessoas envolvidas em um confronto durante a
operação deflagrada pela Polícia  Civil para prender integrantes de uma associação criminosa que planejava assaltar duas agências bancárias, na cidade de Acará, nordeste paraense. A ação foi conduzida por policiais civis da Divisão de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), na manhã desta terça-feira, 5, no município de Acará.

Os sete corpos foram identificados como Adriano Lima Lobato, Bruno Nascimento Favacho, Jailton da Silva Pacheco, Luan Lucas Palheta Neres, Gabriel Matheus dos Cascaes, Alessandra da Silva Alves e Joelcio Melo Rodrigues.

No momento da abordagem policial, os criminosos efetuaram disparos contra os policiais civis que revidaram aos tiros e atingiram inicialmente quatro suspeitos. Eles ainda chegaram a ser socorridos, mas não resistiram. Outros três suspeitos foram baleados e também morreram.

Roma News com informações da Polícia Civil

2 comentários em “Polícia Civil impede assaltos a dois bancos e sete morrem em confronto

  • 6 de fevereiro de 2019 em 08:02
    Permalink

    7 almas sebosas enviadas pro reino do kpta, parabéns à Polícia Civil !

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *