Mais de mil estudantes se preparam para estágio no Hospital Regional do Baixo Amazonas

Desde o início do mês de fevereiro, o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém (PA), promove ciclo de palestras com acadêmicos, de diversas instituições de ensino superior, que desejam realizar o estágio curricular obrigatório no hospital. Até o momento, cerca de mil estudantes participaram das palestras realizadas pelos profissionais da Unidade. Em 2018, o HRBA recebeu mais de 2.400 estagiários. Além de contar com alunos da área da saúde, o hospital oferece oportunidades para acadêmicos de outros cursos, como Agronomia, Jornalismo e Pedagogia.

O Hospital Regional tem contribuído com a formação de novos profissionais desde 2011, quando passou a receber estudantes da área da saúde e os primeiros residentes. Após a certificação como Hospital Ensino, em 2014, a Unidade fortaleceu ainda mais esse compromisso. “O HRBA tem sido ator principal na formação de novos profissionais para a região, não só na área da saúde. Ao longo dos anos, foi aperfeiçoado o processo de ensino-aprendizagem, para que se torne cada dia mais consolidado e que seja trabalhada uma formação voltada para a segurança do paciente”, explica a coordenadora de Ensino e Pesquisa, Claudiléia Galvão.

A estudante de Farmácia, Marina Neves Sousa, de 22 anos, aguarda para iniciar o estágio no Hospital. “Ter a oportunidade de estagiar em um campo tão rico e tão único é algo imensurável. No curso de Farmácia, nós podemos atuar em muitos campos, alguns muito próximos da nossa realidade, porém o hospital proporciona uma vivência única que não encontramos em nenhum outro lugar”, conta Marina.

Durante as integrações acadêmicas, os estudantes recebem formação voltada para a prevenção de infecção hospitalar; segurança no processo assistencial; cuidados com o uso de Equipamentos de Proteção Individual; como fazer a evolução adequada e correta nos prontuários; e normas gerais do hospital e da Pró-Saúde. “No primeiro momento, a maior importância é a integralidade entre instituições e o campo de estágio. É fundamental, principalmente para o nosso aluno, ter um contato mais direto com o que ele pode esperar no futuro. É importante conseguir que o aluno entenda como será a forma de trabalho até para ele ter criticidade e verificar a importância do estágio para ele”, afirma o professor universitário Breno Ferreira.

CENTRO DE ESTUDOS E PESQUISAS

Com conquistas que atestam a excelência da assistência prestada aos usuários, o HRBA também avança no desenvolvimento de pesquisas. Nesta quarta-feira (13/02), será inaugurado o Centro de Estudos e Pesquisas do Hospital Regional do Baixo Amazonas. “Esse é um marco na história do Pará. O Hospital Regional se consolida como um centro de pesquisas científicas, possibilitando contribuir com o desenvolvimento da região. Estaremos alinhados com o que existe de mais moderno para garantir, sempre, um Hospital comprometido com a assistência de qualidade e comprometido com o ensino e pesquisa”, explica o diretor Hospitalar, Hebert Moreschi.

HRBA

Reconhecido nacionalmente como um dos dez melhores hospitais públicos do Brasil, o HRBA é gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A Unidade atende uma população estimada em mais de 1,1 milhão de pessoas, residentes em 20 municípios do Oeste do Pará.

PRÓ-SAÚDE

A Pró-Saúde é uma das maiores entidades de gestão de serviços de saúde e administração hospitalar do País. Fundada em 1967, como Associação Monlevade de Serviços Sociais, em João Monlevade (MG), a Pró-Saúde é uma instituição filantrópica sem fins lucrativos. Tem sob sua responsabilidade 2.068 leitos e o trabalho de cerca de 16 mil profissionais, sendo 2,9 mil médicos, além de reunir um dos maiores quadros de administradores hospitalares do Brasil, contribuindo para a humanização do atendimento hospitalar, em especial do Sistema Único de Saúde (SUS).

Com excelência técnica e credibilidade nacional, é uma entidade qualificada como Organização Social de Saúde (OSS) que oferece uma gama de serviços em benefício da vida. A atuação na área de administração hospitalar tornou a entidade amplamente reconhecida no setor, permitindo que a Pró-Saúde ofereça a mesma qualidade em assessoria e consultoria, planejamento estratégico, capacitação profissional, diagnósticos hospitalares e de saúde pública, gestão de serviços de ensino e muitos outros. A entidade faz a gestão de quatro Centros de Educação Infantil, em São Paulo, cidade em que também fica localizada a sua Sede Administrativa.

Fonte: RG 15/O Impacto e Joab Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *