TRE cassa mandato do presidente da Câmara de Vitória do Xingu

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará cassou por unanimidade o diploma do vereado de Vitória do Xingu, Westerning Flor de Lima, conhecido como Tai (PSC). O julgamento aconteceu hoje, dia 21 de fevereiro, pela manhã no TRE.

Essa foi a terceira vez que o processo de cassação foi colocado em pauta, e dessa vez por sete votos a 0, o diploma do vereador foi cassado. De acordo com o Ministério Público Eleitoral, “Tai” requereu o registro de sua candidatura na Justiça Eleitoral sem informar ter parentesco com o prefeito de Vitória do Xingu, José Caetano, o que o torna inelegível de acordo com a constituição federal de 1988, por isso o MPE, interpôs um recurso contra a expedição do diploma do vereador.

Com essa decisão, Tai que além de vereador era o atual presidente da Câmara, será afastado do cargo. Quem vai assumir a vaga dele será Giácomo D’laqua, conhecido como Giminho (PSDB). Já o trabalho no Legislativo será comandado pelo atual vice-presidente da Câmara, o vereador Hiran Junior, por um período de 45 dias, quando deve haver uma eleição para a escolha da nova mesa diretora.

A decisão do TRE ainda cabe recurso no Supremo Tribunal Eleitoral.

Fonte: Valéria Furlan/A Voz do Xingu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *