Município de Uruará decreta estado de emergência

A tempestade e fortes chuvas, que causaram destruição de pontes e estradas em Uruará, no sudoeste do Pará, já deixam um total de quase 44 mil pessoas afetadas, segundo a Defesa Civil. A prefeitura da cidade decretou estado de emergência.

Diversos pontos de alagamento foram registrados, após o transbordamento do rio Uruará. Mais de 40 obras de infraestrutura pública foram danificadas, de acordo com a Defesa Civil.

A prefeitura informou que os órgãos municipais estão atuando junto à Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil e que estão sendo tomadas medidas paliativas até que as ações sejam definidas, após o pedido de ajuda aos governos estadual e federal. Vistorias técnicas estão sendo realizadas na região.

Ainda de acordo com a prefeitura, uma aeronave do Grupamento Aéreo de Segurança Pública do Estado (Graesp) foi acionada para transportar um paciente de 73 anos para o Hospital Regional de Altamira, por causa dos alagamentos na rodovia BR-230. A pista está intrafegável no trecho entre Uruará e Medicilândia, no km 160.

O prefeito de Uruará, Gilson Brandão, disse que as visitas às localidades afetadas continuaram neste domingo (14). “Faremos os relatório necessários, em busca de recursos para atender as demandas de Uruará. É um momento delicado”, afirmou.

Fonte: G1 Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *