Polícia Militar realiza a Operação Tiradentes III em todo o Estado

A Polícia Militar do Pará realizando, desde as 7h desta quarta-feira (24), a Operação Tiradentes III nas áreas de todos os comandos intermediários da instituição (capital, região metropolitana e interior do Estado). As ações serão executadas durante 24 horas e ocorrem simultaneamente, em todos os estados do país.

No Pará, as ações estão sendo coordenadas pelo Chefe do Estado-Maior Geral da PM, coronel Marcelo Ronald Botelho de Souza. Ao todo, 3,5 mil policiais militares vão atuar na “Tiradentes III”, até as 7h desta quinta-feira (25), com o objetivo de intensificar as ações de segurança nos 144 municípios paraenses, a fim de diminuir incidências criminais em áreas críticas e fortalecendo o enfrentamento à violência e à criminalidade no Estado. O aparato policial conta com o apoio de 995 viaturas, entre carros e motocicletas; 12 embarcações e três aeronaves (duas em Belém e uma em Marabá).

A execução da operação foi definida por decisão unânime dos comandantes durante a última reunião do Conselho Nacional de Comandantes Gerais das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares, que ocorreu no início de abril, no Rio de Janeiro. Essa é a terceira edição da “Tiradentes”, que objetiva o fortalecimento e a articulação das respectivas forças de segurança (PMs e CBMs).

O objetivo do esforço da PM paraense é demonstrar, durante 24 horas, a dimensão e a mobilização do efetivo policial militar em ações ordinárias, extraordinárias e especiais de segurança pública. A operação será desenvolvida com diversos meios e modalidades de policiamento – policiamento a pé e motorizado, montado, rodoviário, ambiental, de trânsito, patrulhamento aéreo, de choque, operações especiais, com cães, vistorias e ações preventivas.

Ações na capital – Em Belém a operação inicia às 15h30 por meio do Comando de Policiamento da Capital I (CPC I), com concentração das equipes no Mercado de São Brás. A operação visa reduzir os índices de crimes e ocorrências registrados nessas áreas, como roubo, homicídios e tráfico de drogas, retirar criminosos de circulação, apreender armas ilegais e assegurar a ordem e o bem-estar da população. Além de abordagens, também serão fiscalizados veículos particulares e motocicletas. O comandante do CPC I, coronel Denner Eudes Favacho da Rocha, estará à frente das ações.

Fonte: Agência Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *