Polícia prende acusados de executarem jovem com tiro na cabeça, em Santarém

A equipe da Especializada de Homicídios da Polícia Civil de Santarém deu cumprimento a dois Mandados de Prisão Temporária em desfavor de Manoel Ferreira do Carmo Junior, vulgo “Junior Cobra” e Leandro Daniel Viana Lopes, vulgo “Dany”, acusados de terem assassinado Darlisson Sarmento Nogueira, de 27 anos, no dia 1º de abril deste ano. O corpo de Darlisson foi encontrado no interior de seu veículo marca Fox, próximo à Rua Edivaldo Leite, bairro Santo André, em Santarém, oeste do Pará. A vítima foi morta com um tiro na cabeça.

Segundo os investigadores, tanto Manoel Junior como Leando Nogueira saíram do bairro Mapiri juntamente com a vítima para comprarem remédio. No início das investigações os suspeitos alegaram que estavam com uma pistola calibre 380 e que ao manusear a arma saiu um tiro acidental, versão essa apresentada à Polícia Civil.

Diante das investigações e laudos periciais, a Delegacia de Homicídios chegou à conclusão que foi efetuado o tiro propositadamente, levando à conclusão que não teria sido suicídio e sim homicídio. O Titular da Especializada de Homicídios, Delegado Dimitri Teles Esmeraldo, representou pela Custódia Temporária dos envolvidos que foi cumprida nesta quinta-feira, dia 23, colocando os indiciados à disposição do Poder Judiciário.

O Superintendente da Polícia Civil do Baixo e Médio Amazonas, delegado Jamil Casseb, afirma que os crimes estão sendo elucidados para garantir paz a sociedade.

Fonte: RG 15/O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *