O TRÂNSITO EM SANTARÉM

Outro dia, um dos meus caros leitores desses meus rabiscos, me perguntou o que eu achava desse monte de irregularidades no trânsito de Santarém, principalmente, após os dois últimos recentes acidentes automobilísticos com vítimas fatais.

Realmente não é tão difícil responder, disse-lhe.  Santarém possui apenas 33 agentes de trânsito, destes alguns ficam à disposição no Aeroporto de Santarém, dia e noite,“zelando” para que os motoristas não parem em lugar não permitido, pois ali há um estacionamento particular.Outros agentes só aparecem quando ocorre um acidente, na viatura do BOAT, e assim os poucos que restam somem no “tamanho” do trânsito na Cidade.

A cada dia mais veículos, vindos de outros municípios, de outros estados, adquiridos aqui, além dos “cabritos”, quase que diariamente, a polícia, encontra um longe dos seus “pastos”, longe do “bom pastor”. Mas a cidade continua com as mesmas, ruas(atualmente, o nosso prefeito tem se esforçado para recuperar, asfaltar várias artérias) sem a presença dos agentes de trânsito e se não tem fiscalização, vira uma “avacalhação”. Ninguém respeita a sinalização, como na praça do pescador, é comum inverterem a mão em plena luz do dia, mesmo os flanelinhas dali gritarem, ninguém os incomodam. (já houve acidente ali), estacionamento em fila dupla, agora já se encontra até fila tripla no centro da cidade.

Agora imaginem se não tem agentes para o centro da cidade, como terá na Fernando Guilhon, Sérgio Henn, Anysio Chaves, Dom Frederico Costa, Moaçara, Urumari, Cuiabá, Mercadão 2000, Av. Tapajós, Vera Paz, Praça da Matriz, onde os barcos fizeram mais um porto, e continuam quebrando o guarda corpo da orla ainda não inaugurada. E no Terminal Fluvial de Santarém, na antiga Tecejuta, por estar em fase de instalação, tem uns agentes por lá. E aí, só na frente de alguns colégios privilegiados.

Ainda tem a infernizar, os pedestres e transeuntes, os motociclistas locais,além das motos vindas dos municípios vizinhos, que aqui chegam e vão trabalhar como mototaxistas não credenciados, diariamente.

 E no restante da cidade sósaudades do tempo do PATRAN, quando o município tinha convênio com o 3º BPM. Portanto é impossível se querer um trânsito organizado, pois afinal de contas só são 33 agentes para, não se sabe quantos mil carros, circulando, diariamente em Santarém. Então vamos continuar vivendo com essas cenas dos recentes acidentes de trânsito, pois os irresponsáveis, imprudentes atoleimados, esses estrupícios ficarão, impunimente,circulando e mandando, no trânsito de Santarém.////A prefeita Maria do Carmo iniciou a obra da Turiano Meira, deixou a parte dentro do Conjunto Tapajós (COHAB), justamente no perímetro que eu moro, inconclusa, disse-lhe até, em uma oportunidade, será marcação, prefeita!! O prefeito Alexandre concluiu o afastamento e faltou o acostamento e as calçadas, que estavam no projeto. Agora, na administração do Prefeito NÉLIO, concluíram no dia, 21.08.2019 o calçamento. Não foi um pedido da comunidade, foi espontâneo, como vem fazendo nas outras partes da cidade Os Moradores, da TURIANO MEIRA, entre Muiraquitã e Moaçara agradecemas senhor Prefeito. ////Uma verdadeira demonstração de amizade, admiração e solidariedade aconteceu na tarde esportiva, realizada pelos parentes, amigos e admiradores do INACINHO,no dia 17 do campo da ASSIBAMA, muita gente, esteve por lá!. Neste momento em que aquele que já deu muitas alegrias ao torcedor santareno quer pelo São Raimundo Esporte Clube, quer pela Seleção Santarena, está precisando de ajuda para iniciar um tratamento médico. Muitos participaram, mas ainda não foi o suficiente, iremos programarno primeiro final de semana de setembro, na reabertura, da Sede Social do Fluminense, já toda adaptada pela nova lei para as casas de show e espetáculos, um “Baile de Saudade”, afinal, a mãe do INACINHO era irmã do meu pai Élvio Fonseca, a tia MARIA, logo ele é meu primo, agradecemos a todos que já colaboraram e pedimos ainda mais apoio, porque o tratamento continua. ////COLABOREM!////Meu primo Paulo Lima, leitor assíduo desta coluna, me alertou sobre o texto da semana anterior, o Dia do Sacerdote, pela omissão do nome de um dos padres mais populares de Santarém, Trata-se do Frei Juvenal ou o frei Meninão, que divertia onde chegava, pelo seu espírito brincalhão.E acrescento,ainda,o Frei Paulo, que foi um dos reitores do Seminário, foi bem providencial porque hoje, 21.08.2019 é o dia do São PIO Xº ////.Que abuso meus, caros leitores, o pessoal da progressista Cidade de NOVO PROGRESSO, convocar para o “DIA DA FOGO, isso só é possível, porque dali daquela região foi retirada a força Nacional que apoiavam a fiscalização do IBAMA, agora estão querendo chorar o caldo derramado////Se a coisa continuar assim, estamos fadados ao pior. O Tapajós sendo agredido pelos garimpos, não só com os bicos jato para derrubada dos barrancos, provocando a lama que juntamente com mercúrio e outras “coisitas”, estão enchendo a barriga dos nossos peixes e mudando a cor do nosso Rio outrora azul, e agora vem as queimadas, nunca vistas nesta região. E quando me lembro que técnicos da SAGRI, EMATER e outros órgãos faziam palestraspara o nosso caboclo/agricultor, sobre o acero, a não queimar a área onde iam fazer suas roças…..//// Agora sim que eu quero ver quem tem roupa no “Coradouro”!.., foi protocolado em Brasília pelo Senador Siqueira Campos, do estado do Tocantins que foi o baluarte para a criação daquele estado, o Projeto de Lei nº 508/2019, que convoca o Plebiscito pelo estado do Tapajós de acordo com o previsto no artigo 18 § 3º e 49 XV da Constituição Federal de 1988. já houve uns “traíras” que retiraram o seus nomes do atual requerimento. Espero que não façam como o Senador Almir Gabriel, na época da Constituinte de 1988, retirou toda a bancada do Pará do Plenário, para não aprovarem a criação do Estado do Tapajós, naquela época.//// Vote na enquete do Senado: https.//wwwtapajosmeuestado.com.br/2019/08////. Para encerrar, quando vão começar a retirar essas faixas e essas placas nos postes, nos muros, até nas poucas placas de denominações de ruas, que anunciam , cursinhos, confecções de portas, encanadores, pedreiros, churrascos e festas, quase sempre sem autorização da prefeitura. Está prevista no código de postura do município A poluição visual. Vamos aguardar! (21.08.2019).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *