Seis são presos por tráfico de drogas durante início da Operação “Derrubada dos Mastros”

A Polícia Civil de Santarém deu início a uma serie de cumprimentos de mandatos de prisão expedidos pela justiça contra pessoas envolvidas com o tráfico de drogas. Intitulada de “Derruba dos Mastros” – em alusão ao Sairé –, operação prendeu até o momento seis pessoas, aprendeu dois carros, duas motos, além de drogas (crack e Oxi) e valores em dinheiro (R$ 425).

Visando o combate ao tráfico de drogas, a Operação Derruba dos Mastros foi deflagrada também muito por conta do Sairé, que reunirá uma grande número de pessoas em Alter do Chão dos dias 19 a 23 de setembro. Ou seja, a operação não acabará tão cedo.

“Tenho acompanhado tanto Itaituba quanto Santarém, pois ambas estão com foco no combate ao tráfico e crimes que orbitam as drogas, além de aqui está prestes até uma festividade com concentração e trânsito de muitas pessoas, como é o caso do Sairé. Pensando na segurança pública, na diminuição dos índices de criminalidade, sempre nos antecipamos aos fatos com ações preventivas. Juntos com as equipes que vieram de outras localidades, esse trabalho e prevenção, investigação e comprimento de mandatos de prisões. Essa operação não para por aqui, é o início de uma operação policial que vai ocorrer durante o Sairé”, comenta o delegado de Polícia do Interior, José Humberto de Melo Jr.

Reincidente no tráfico

Uma das presas na operação estava respondendo em liberdade pelo mesmo crime. Mesmo em prisão domiciliar, a jovem seguiu no tráfico, juntamente com a família, de acordo com o delegado Jamil Farias Casseb, superintendente regional de Polícia Civil do Baixo Amazonas.

“Sabemos que há uma continuidade no tráfico. Ela foi presa com uma quantia relevante de drogas, novamente estava dando continuidade (a venda de drogas) mesmo estando em prisão domiciliar, além da mãe e outros membros da família. Diante disso, as investigações continuaram e hoje também foi presa em flagrante novamente. Ela tentou se desfazer da droga que estava na casa dela dando a descarga pelo vaso sanitário”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *