Comerciantes do mercado modelo pedem providências para ajudar família de refugiados que vivem naquela área há quase dois meses

Quem passa em frente ao Mercado Modelo de Santarém se depara com uma cena que mistura tristeza e indignação: uma família de venezuelanos vivendo de forma totalmente precária em um abrigo improvisado e sem qualquer tipo de assistência. De acordo com comerciantes daquela área, a família – que é composta por cinco pessoas, entre eles três crianças com menos de cinco anos – está naquele local há quase dois meses.

De acordo com quem acompanha – mesmo que não intencionalmente – o dia a dia daquele grupo, eles não saem daquela área de forma alguma, vivendo de esmolas e alimentos doados por comerciantes daquela área. Para tomar banho e lavarem roupa, eles fizeram uma escada improvisada e descem da orla para o Rio Tapajós – local de onde eles tiram a água que bebem.

O abrigo é um dos vários que foram construídos pela Prefeitura de Santarém para quem passeia na orla, mas acabou se tornam a “casa” dessas pessoas – que fugiram da calamidade que assola o país natal.

De acordo com a dona de uma lanchonete localizada em frente ao mercado modelo, as mais prejudicadas em toda essa situação são as crianças – que várias vezes foram vistas com feridas e até mesmo doentes. Segundo a empreendedora, os comerciantes e quem passa por ali, ajudam do jeito que é possível, mas cobram também a ajuda do poder público, que segundo ela, ainda não apareceu em momento algum para dar assistência aos refugiados.

Já de acordo com um taxista que trabalha naquela área, houve uma vez que o conselho tutelar foi até local para verificar a situação das três crianças. A família teria sido levada para outro local, um abrigo de refugiados, mas acabaram voltando para a frente do Mercado Modelo em menos de três dias.

RG 15/O Impacto

Um comentário em “Comerciantes do mercado modelo pedem providências para ajudar família de refugiados que vivem naquela área há quase dois meses

  • 8 de outubro de 2019 em 19:21
    Permalink

    CADÊ OS SOCIALISTAS COMUNISTAS MARXISTAS DE SANTARÉM PARA AJUDAREM OS REFUGIADOS VÍTIMAS DO REGIME COMUNISTA DA VENEZUELA ? REGIME QUE ALIÁS FOI APLAUDIDO POR AQUI ,QUANDO O HUGO CHAVES DEU O GOLPE E MOSTROU A SUA VERDADEIRA FACE ! ESTÁ ALI NA ORLA O RESULTADO DA AVENTURA MARXISTA: REFUGIADOS ESFOMEADOS E DOENTES, AGORA DEPENDENTES DE ESMOLAS NO BRASIL. VAMOS LÁ TEÓRICOS SOCIALISTAS DA NOSSA CIDADE, CHEGOU A HORA DE MOSTRAREM A TÃO PROPALADA “”SOLIDARIEDADE INTERNACIONAL DOS POVOS””! OU ESSE PAPO SÓ VALE PARA A FILOSOFIA SOCIOPOLÍTICA DE BOTEQUIM, NA PREGAÇÃO DA LAVAGEM CEREBRAL DOS MAIS JOVENS, NAS REUNIÕES DE PARTIDOS E DE SINDICATOS? VAMOS LÁ EMBUSTEIROS !!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *