Guarnição do Policiamento Ambiental sofre atentado a tiros em comunidade da Santarém/Curuá-Una

Na madrugada deste domingo(13), uma guarnição do policiamento ambiental foi recebida a tiros em uma região da Comunidade Poço das Antas, às margens da Rodovia Santarém/Curuá-Una.

De acordo com a Polícia Militar, um morador da Comunidade solicitou ajuda junto ao NIOP, denunciando furto de galinha. Conforme o denunciante, o crime estava sendo cometido pelos indivíduos Fabrício Batista de Oliveira e Jander Clei Castro.

Ainda de acordo com os militares, quando a equipe chegou ao local, duas motos, pertencentes aos supostos ladrões de galinha, haviam sido completamente queimadas.

No local onde os veículos foram incendiados, a guarnição foi recebida a tiros, por pessoas desconhecidas.

Em defesa da própria vida, e reagindo a injusta agressão, os PM’s revidaram com cinco disparos em direção do local de onde se originava os tiros, porém, ninguém foi alvejado.

Em ato contínuo, foi realizada buscas no local onde os atiradores estavam, e os militares encontraram três armas de fabricação caseira, sendo duas calibre 20 e um calibre 32, todas do tipo cartucheiras.

As motos incendiadas,juntamente com as armas foram apresentadas na Seccional de Polícia Civil.

Até a publicação desta matéria, os atiradores não haviam sido localizados.

RG 15 / O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *