Estelionatários que utilizavam nomes de servidores do Detran/Santarém para aplicar golpes são presos

Um esquema de golpes pela internet usando até mesmo o Departamento de Trânsito do Estado do Pará (DETRAN) foi desfeito nesta semana, em Santarém. A Polícia investigava uma série de golpes sendo realizados pela internet, o que culminou na prisão de três pessoas. Eles usavam a imagem do diretor do Detran de Santarém para passarem credibilidade na hora das vendas, que nunca aconteciam. Segundo a Polícia, a investigação começou após uma pessoa denunciar à polícia que tinha sido vítima da quadrilha após negociação da venda de dois celulares. A vítima havia publicado em um site de venda os aparelhos e os criminosos entraram em contato, usando um perfil falso do diretor do Detran.

Um dos golpistas disse que havia depositado o valor do aparelho e marcou o local para entrega do celular, que foi buscado por um mototaxista. Ao perceber que foi “passado para trás”, ele foi até a Polícia, que deu início a operação de captura dos elementos.

As autoridades orientaram a vítima a colocar um novo celular à venda. Logo os golpistas entraram em contato e a Polícia conseguiu fazer a detenção de dois elementos no local combinado para a entrega do aparelho.

A partir daí foram feitas diligências com o intuito de alcançar o mandante da equipe, chegando assim ao terceiro acusado, conhecido vulgarmente como “Jojo”. Ao ser questionado pela Polícia, ele informou que ainda havia mais uma pessoa envolvida nos crimes e que seria a responsável da quadrilha. A guarnição conseguiu chegar este elemento, conhecido por Luan. Todos eles foram todos conduzidos e apresentados na 16ª Seccional de Polícia Civil de Santarém.

CIRETRAN SANTARÉM ALVO DE PAD: Esta é a segunda vez em uma semana que o Detran de Santarém se vê alvo de investigações. No entanto, se neste caso os golpistas usavam o perfil de um funcionário do órgão, no segundo a instituição vê outros colaboradores sendo alvos de investigação.

Isso porque o Corregedor Chefe do Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran-PA) instaurou um Processo Administrativo Disciplinar tendo como base possíveis irregularidades cometidas por funcionários da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Santarém. De acordo com a portaria emitida pelo Detran, o órgão investiga os processos de habilitação realizados pela Ciretran do município.

O Processo Administrativo Disciplinar tem como alvo os seguintes funcionários da Ciretran Santarém: o ex-gerente Claudiomar de Oliveira Furtado; os assistente de trânsito Jamille Christina Farias Lira e Miguel Ângelo Pereira Costa; o auxiliar de trânsito Rosinaldo Ferreira dos Santos; o auxiliar de administração José Orlando De Medeiros Rodrigues; e o assistente de administração Olmafran Tadeu Alves Figueiro.

De acordo com a portaria, o processo contra os referidos funcionários começou como Processo de Investigação Preliminar, que comprovou a materialidade e indícios de autoria dos fatos pelos quais os funcionários são investigados. Com isso, foi necessária a instauração de Processo Administrativo Disciplinar.

O Detran também definiu que os servidores Fernando Zanuto Ferrari, Mauricio José Fecundo Conceição e Maria Rosemeire Medeiros de Deus como os responsáveis pelo Processo Administrativo Disciplinar, cabendo a eles apurarem todos os fatos em até 60 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *