Sergio Moro diz que não recebe presidente da OAB

O ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro afirmou nesta quarta-feira, 11, que não recebe o presidente da OAB: só o fará quando Felipe Santa Cruz “abandonar a postura de militante político-partidário”.

No Twitter, Moro compartilhou matéria sobre declarações de Santa Cruz e diz ter “grande respeito pela OAB, por sua história, pela advocacia”.

No entanto, diz que não receberá o líder dos advogados, desrespeitando toda a advocacia, e agindo como um ministro de governo, quando deveria ser um ministro de Estado. 

Ironias

Moro não se dar bem com advogados não é algo novo. Em vídeo exclusivo publicado por Migalhas, na época em que exercia a judicatura, Moro foi flagrado discutindo com o advogado de Lula, que não ouviu calado as ironias do juiz. 

Fonte: Migalhas Jurídicas

7 comentários em “Sergio Moro diz que não recebe presidente da OAB

  • 17 de dezembro de 2019 em 15:33
    Permalink

    parabéns moro, o título dessa reportagem é desonesto, por isso esse jornal continua nanico.

    Resposta
  • 15 de dezembro de 2019 em 17:29
    Permalink

    OAB não tem moral alguma, fico pensando porque os advogados honestos nada fazem para tirar o militante da presidência.

    Resposta
  • 15 de dezembro de 2019 em 16:25
    Permalink

    Esse traidor lesa pátria já deveria ter sido enforcado. Moro é o principal agente dos EUA para a desindustrialização do Brasil.

    Resposta
    • 17 de dezembro de 2019 em 20:14
      Permalink

      Essa não tomou o remédio dela. Além de lesa, ainda prega violência. Viajou na maionese.

      Resposta
  • 15 de dezembro de 2019 em 14:17
    Permalink

    Mais ridículo é o ex candidato a vereador pelo PT no Rio e hoje presidente da OAB assumir que é militante ideológico. Não merece o cargo que ocupa. Sérgio Moro está corretíssimo.

    Resposta
  • 15 de dezembro de 2019 em 13:02
    Permalink

    Faz muito bem o ministro Sérgio Moro. Esse cara que está na presidência da OAB já deixou claro ser um militante político-partidário, e que a maioria absoluta da classe de advogados, não apoia sua postura, que ao invés de defender a classe, fica defendendo suas ideologias. Basta conversar com os advogados que não estão envolvidos diretamente na gestão da OAB e secções e terá um retrato desse quadro.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *