Santarém tem melhor resultado na geração de empregos desde 2010

O ano de 2019 encerra com números animadores da economia santarena. A retomada da geração de empregos tem possibilitado a população ter melhores perspectivas para 2020.

O saldo é de 1.932 novos postos de trabalho, no acumulado de janeiro a novembro deste ano, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), superando a própria capital do estado do Pará, além de outros importantes municípios como Oriximiná (que recebe royalties da mineração) e Itaituba, com grande dinâmica portuária, além de capitais como Boa Vista (RR); Palmas (TO) e Porto Velho (RO). O resultado parcial, sem contar com os números de dezembro, é o melhor desde 2010, quando a “Pérola do Tapajós” fechou aquele ano com 1.660 novos postos de trabalho.

De acordo com a Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Tecnologia (Semdec), Santarém continua na curva de evolução. Além de já ter superado os melhores índices até então registrados: 2010 e 2013, o município pode superar o ano de 2012, que obteve saldo de 1.986 postos de trabalho e pode, também, ficar próximo do histórico ano de 2011 quando foram gerados 2.480 empregos.

Em novembro, segundo o Caged, comércio, construção civil e indústria de transformação, respectivamente, impulsionaram os bons resultados. O primeiro setor fechou com saldo positivo de 531 empregos gerados; o segundo com 41 e o terceiro com 38. O mês fechou com saldo positivo de 546 novos postos de trabalho.

O resultado manteve Santarém entre os 10 municípios mais bem colocados no estado do Pará, ocupando a quarta posição.

RETOMADA DE OBRAS E INVESTIMENTOS: Para o prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, o bom resultado em 2019, ainda sem contar com o mês de dezembro, é fruto do trabalho da gestão em desburocratizar procedimentos, oferecendo ao investidor privado condições legais para que novos empreendimentos possam se fixar no município, além de uma série de outros investimentos públicos, que estão sendo realizados pela Prefeitura de Santarém, com apoio dos Governos do Estado e Federal.

“Graças à responsabilidade da nossa gestão está sendo possível obter esses excelentes resultados na geração de emprego e renda em nosso município. É necessário lembrar, antes de tudo, o esforço fiscal que foi feito e continua sendo realizado. Primeiramente, tivemos que nos debruçar sobre os números e arrumar a casa. Tínhamos uma dívida com o INSS [herança da gestão anterior, que ultrapassava R$ 84 milhões] que tivemos que renegociar. Ela nos impedia em firmar convênios para receber recursos. Santarém ficou inadimplente no CAUC [Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias]”, lembrou o prefeito.

Além do setor privado, que deve investir nos próximos anos, quase R$ 300 milhões, pelo menos 30 obras públicas que estavam travadas estão em andamento. Entre elas, uma das importantes: o Hospital Materno-Infantil, paralisada desde 2015. Mais de R$ 29 milhões estão sendo injetados, recurso do Governo do Estado do Pará. Aproximadamente 70 profissionais trabalham em diversas frentes de serviço. A expectativa é que o Hospital esteja pronto ainda no primeiro semestre de 2020.

Outras importantes obras estão sendo realizadas, como pavimentação de vias, a exemplo do anel viário da Nova República – R$ 5,8 milhões, com contrapartida de R$ 1,8 milhão por parte do município – e do Jutaí, no valor de R$ 3 milhões. Outros R$ 31,6 milhões estão sendo investidos em obras de esgotamento sanitário e quase R$ 2 milhões no projeto urbanístico da Vila Arigó.

“Desde o início do nosso mandato, nosso compromisso é atuar como facilitador para empreendedores. Estamos recebendo nesses últimos meses importantes investimentos privados, em diferentes segmentos. Isso mostra que Santarém oferece segurança jurídica ao investidor. E na outra ponta, o pequeno empreendedor também está buscando sair da informalidade. É um resultado que nos deixa muito feliz”, destaca o prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *