Agentes do Ibama conseguem retornar de operação, após serem bloqueados entre Senador José Porfírio e Anapu

Quatorze agentes ambientais, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros já conseguiram sair da comunidade Vila Mocotó, que fica na região Assuriní, entre Senador José Porfírio e Anapu, sudoeste do Pará. Os agentes ficaram sem poder retornar da região devido a protesto de moradores, após operação que interditou dois postos de combustíveis clandestinos.

Segundo as investigações, o combustível seria usado para ações de desmatamento na região. Não houve prisão. Cerca de cinco mil litros foram apreendidos, segundo o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama). Dois caminhões-tanques foram utilizados para levar o material até Altamira.

Durante as manifestações, duas pontes foram destruídas. Uma delas foi serrada e a outra incendiada pelos moradores. Estradas que dão acesso ao distrito foram interditadas e árvores derrubadas, atingindo a fiação elétrica que abastece o distrito.

De acordo com a concessionária Equatorial Energia, cerca de 400 residências ficaram sem energia devido à derrubada de árvores que atingiram a rede elétrica.

Em nota, a concessionária informou que já enviou equipes para normalizar o fornecimento. A empresa disse ainda que teve apoio de autoridades locais. Três viaturas da Polícia Militar foram enviadas ao local.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os agentes foram enviados para auxiliar a operação, já que os postos de combustíveis apresentavam riscos à população, incluindo explosão e contaminação. Os estabelecimentos foram lacrados.

Fonte: G1 PA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *