Mais de 300 ocorrências foram atendidas pela Defesa Civil em 2019

No ano de 2019, a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, órgão vinculado à Secretaria de Gestão, Orçamento e Finanças (Semgof), atendeu mais de 300 ocorrências nas áreas de prevenção, mitigação e resposta a desastres. As ações foram desenvolvidas na zona urbana e rural do município, com levantamento dos danos ocasionados por fenômenos naturais ou provocados pela ação humana.

Entre as ocorrências atendidas pelo órgão, no período de janeiro a dezembro, foram registrados 47 riscos hidrológicos (inundações, enxurradas e alagamentos); 03 riscos metrológicos (vendaval, chuvas intensas, tempestades de raios); 12 riscos geológicos (deslizamento de solo ou rocha e erosão de margem fluvial); 98 riscos em obras civis (casas, depósitos, prédios, pontes, vias públicas, balsas e barcos); 21 verificação de corte de árvore; 06 visitas a região de rios‭; ‬75 reuniões e eventos; 02 serviços em eventos; 13 ações de apoio ao Programa Prefeitura nos Bairros‭ e Comunidades; 01‬ incêndio florestal – APA Alter do Chão; 04 incêndios residenciais; 10 visitas em áreas de riscos – (Urumari/ Mapiri/ Vigia/ Matinha/ Caranazal/ Vitória-Régia/ Santarenzinho/ Maracanã/ Nova República/ Amparo); 05 vistorias em ocupações espontâneas e loteamentos; 03 apoio em reintegrações de posse.

Também foram doados 206 metros cúbicos de madeira, usadas para reforma de cercado de horta, confecção de canteiros para proteção de plantas do Parque da Cidade e casas atingidas por incêndio, além de possibilitar a construção de passarelas e pontes. A madeira doada é oriunda de apreensões do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

O coordenador da Comdec Darlison Maia considera positiva as ações que envolvem trabalhos de prevenção e apoio à população. “Avaliamos como positiva a atuação do órgão. Atendemos vários chamados de emergência. Reforçamos os trabalhos de prevenção junto aos moradores que residem próximo a áreas de riscos. Doamos madeiras para residências atingidas por incêndio. A maior parte da madeira doada para a Defesa Civil foi destinada para confecção de passarelas e pontes. O trabalho acontece em parceria com as secretarias municipais, governo Estadual, governo Federal e sociedade civil”, destacou.

Em casos de emergência, a Defesa Civil Santarém deve ser acionada pelo telefone (93) 3523-5170 ou 190, via Núcleo Integrado de Operações (Niop), disponível 24 horas.

RG 15 / O Impacto com Agência Santarém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *