Católicos celebram a chegada do primeiro Arcebispo de Santarém

O primeiro Arcebispo da Arquidiocese de Santarém, Dom Irineu Roman, CSJ, chegou ao município na tarde de terça-feira (28). Ele foi recebido pelo prefeito Nélio Aguiar que entregou em suas mãos a chave do município, num ato simbólico de boas-vindas à autoridade religiosa. O prefeito estava acompanhado da primeira-dama Celsa Brito e do vice-prefeito José Maria Tapajós.

Do Aeroporto Maestro Wilson Fonseca, Dom Irineu seguiu em carreata percorrendo diversas ruas da cidade, até o Seminário São Pio X. Por onde passou, o arcebispo foi recebido com muita festa.

“O momento representa muita festa e muita alegria para a comunidade católica que vive hoje um dia muito especial coma chegada de Dom Irineu”, disse José Maria Tapajós.

O município de Santarém foi elevado de Diocese à Arquidiocese de Santarém. Será, agora, a Sé metropolitana da Província Eclesiástica de Santarém. Vai pertencer ao Conselho Episcopal Regional Norte II da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. A sé arquiepiscopal está na Igreja de Nossa Senhora da Conceição, padroeira da cidade.

O prefeito parabenizou e agradeceu ao padre Ordiley Maia, que ficou à frente da Diocese de Santarém até que o Arcebispo fosse nomeado pelo Papa Francisco.

Nélio lembrou da ansiedade da espera da população pela chegada de Dom Irineu.

“A espera valeu à pena, pois o Papa nomeou um Arcebispo. Uma benção de Deus eu estar prefeito de Santarém neste momento. Lembro que falei com o arcebispo no dia de meu aniversário. Estamos em festa aqui em Santarém, mas a missão é muito mais abrangente do que isso. São várias dioceses que o senhor vai pastorear. Quero lhe dar as boas vindas, seja bem vindo à Santarém. Entrego ao senhor a chave de nossa cidade. Eu tenho certeza de que nos corações de todos nós já aflora um amor muito grande pelo senhor”, disse o prefeito.

Dom Irineu agradeceu a recepção e abençoou a população. “Eu chego tranquilo porque encontro um povo alegre, trabalhador, sábio e inteligente. Sentimos esse calor humano, essa alegria. Sou muito grato por o Papa ter me escolhido para cumprir essa missão. Santarém será elevada de diocese à sede metropolitana, gostaria que esse especial também fosse para todos vocês, que fazem desse lugar ser um lugar tão lindo. Estou aqui para trabalhar essa igreja viva com todos vocês. Estou aqui para servir e minha benção a todos vocês”, disse o arcebispo.

A POSSE: A posse de Dom Irineu com a criação da Província Eclesiástica e Arquidiocese de Santarém será no domingo (02/02), na Igreja São Francisco de Assis, bairro Caranazal, às 9h. A celebração contará com a presença do Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni D’Aniello. No mesmo dia, o Arcebispo preside sua primeira missa na Catedral de Nossa Senhora da Conceição, Sé metropolitana.

HISTÓRIA: Nascido em Vista Alegre do Prata (RS), em 10 de agosto de 1958. Ingressou no Seminário Josefino da Congregação de São José, em 1973. Fez os primeiros votos religiosos no ano de 1980. Foi ordenado presbítero no dia 1º de janeiro de 1990, por Dom Paulo Moreto.

Durante sua caminhada como padre, colaborou de forma especial no acompanhamento de jovens e na formação de Seminaristas. Em Porto Alegre, de 1987 a 1989, especializou-se em Pastoral Juvenil, tendo atuado na área de pesquisa, acompanhamento e formação cristã de jovens. Em Caxias do Sul, exerceu atividades de formador nos Seminários da Congregação de São José, professor nos Colégios da Congregação e vigário paroquial nos primeiros anos de presbítero. Em Brasília (DF) atuou como vigário paroquial da Paróquia de Santa Rita de Cássia, em Planaltina (DF), entre 1994 a 1998.

No ano de 1999, estudou Missiologia, em São Paulo, em nível de Pós-Graduação. No mesmo ano foi enviado pela Congregação de São José – Josefinos de Murialdo, para Belém do Pará, onde em 17 de outubro de 1999, assumiu o cargo de pároco da Paróquia Santa Edwiges. Em 2002, foi nomeado por Dom Vicente Zico, Vigário Episcopal da Região São João Batista, tendo permanecido nesses ministérios até a data de sua nomeação como Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belém.

A Ordenação Episcopal ocorreu no dia 19 de março de 2014, na Paróquia São José em Vista Alegre do Prata, pertencente à diocese de Caxias do Sul-RS. Seu lema episcopal é: “Vim para Servir” (Mc 10,45).

Antes de ser nomeado primeiro Arcebispo da Arquidiocese de Santarém, Dom Irineu Roman exercia a função Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belém. Em nível de CNBB, Dom Irineu Roman, exerce o cargo de Secretário da CNBB Regional Norte II e acompanha os trabalhos da Pastoral do Turismo e da Pastoral da AIDS. (Com informações da Agência Santarém e CNBB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *