Dois corpos carbonizados são localizados em comunidade próxima à UHE de Curuá-Una

A Polícia Civil investiga as mortes dos irmãos Joelson da Silveira Oliveira, de 19 anos, e Joel da Silveira Oliveira. As vítimas residiam na travessa Almirante Barroso, bairro Cidade Alta 2, no município de Mojuí dos Campos.
De acordo com informações, os corpos foram encontrados carbonizados, na quarta-feira (25), na comunidade de Chapadão, na região da Hidrelétrica de Curuá-Una.
Conforme familiares das vítimas, os dois foram contratados por um homem identificado pelo prenome Marcelo, para trabalharem em uma serraria. O contratante teria deixado os dois no local e retornou para Santarém.
Por volta de 9h de quarta, ao retornar na comunidade do Chapadão, na serraria onde estavam os dois irmãos, ele se deparou com a cena dos corpos carbonizados.
Ainda conforme os familiares, eles ficaram sabendo do ocorrido após entrarem em contato com Marcelo, que confirmou que realmente tinha acontecido o crime e se colocou à disposição da família. Acontece que depois desse contato, Marcelo não mais atendeu, deixando a família indignada e revoltada.
Diante da notícia, a comoção tomou conta da cidade de Mojuí dos Campos. Amigos e vizinhos foram até a residência dos pais das vítimas. Informações iniciais indicam que os dois irmãos foram mortos a tiros, e posteriormente tenham tido os corpos incendiados.
Ainda na quarta-feira (25), quando os corpos foram localizados, o delegado Gilvan Almeida, titular da Delegacia Especializada de Homicídios da 16ª Seccional de Polícia Civil de Santarém, juntamente com os investigadores, esteve no local, para levantamento das primeiras informações que irão subsidiar o inquérito policial. A autoridade policial não descarta nenhuma hipótese para o crime. Porém, relatos de comunitários dão conta que o duplo homicídio possa ter ligação com conflito agrário existente entre madeireiros naquela região. (Colaborou Elivaldo Silva).

RG 15 / Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *