Navio Anna Karoline III é reflutuado; profissionais tentam localizar corpos

O navio Anna Karoline III, que naufragou na madrugada de 29 de fevereiro passado na boca do rio Jari, região sul do Amapá, foi reflutuado e levado para margem do rio neste domingo (29) de acordo com o que informou o porta-voz do Comitê de Gerenciamento de Crise, coronel Carlos Souza, que é secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública do Amapá.

Segundo ele, após o processo de amarração de cabos na proa e popa, foram imersos 39 reflutuadores que, após a troca de água por ar, reflutuaram a embarcação, possibilitando que a balsa fizesse o arrasto até a margem.

“Essa operação já deveria ter ocorrido no sábado (28), mas a questão da maré atrapalhou, só sendo possível hoje. Não temos nesse primeiro momento informações se houve a localização de algum corpo. Até o final da tarde teremos um relatório. É importante frisar que agora começa o bombeamento de água do porão para que seja realizada a verticalização do navio, ou seja, colocá-lo na posição de navegação. Então, poderemos fazer uma varredura completa”, afirmou.

A operação segue em andamento. O navio estava a uma distância de 442 metros da margem e 12 metros de profundidade. O último relatório do Corpo de Bombeiros e Capitania dos Portos mostrava que 51 pessoas foram resgatadas com vida e 34 corpos foram localizados durante as buscas. Não existe um número oficial de desaparecidos.

Fonte: Diário do Amapá

Um comentário em “Navio Anna Karoline III é reflutuado; profissionais tentam localizar corpos

  • 1 de abril de 2020 em 08:25
    Permalink

    O naufrágio foi na margem esquerda do rio Amazonas, abaixo da foz do rio Jari, em território amapaense, entre os municípios paraenses de Gurupá e Almeirim.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *