Fique por dentro dos novos horários na operação do transporte coletivo urbano de Santarém

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT), e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Santarém e Belterra(Setrans), definiram os horários de operação do transporte coletivo urbano para atender a população, neste período de enfrentamento à Covid-19, provocada pelo novo Coronavírus.

De acordo com a programação, os coletivos irão operar nos seguintes horários: de segunda a sexta-feira: 6h às 20h, aos sábados das 6h às 16h e aos domingos e feriados das 6h às 13h.

A mudança explica-se pela diminuição de passageiros, em decorrência da pandemia e a recomendação das autoridades de saúde para que as pessoas permaneçam em isolamento social.

“Estamos sensíveis a situação do empresariado, visto que ouve uma diminuição considerável no número de passageiros, utilizando os coletivos em decorrência da orientação para que as pessoas fiquem em casa, obedecendo o isolamento social. Outro ponto importante é o horário de funcionamento do comércio local, a frota de ônibus deve atender a necessidade da demanda de passageiros para que os mesmos não fiquem por longos períodos nas paradas aguardando os coletivos”, explicou o titular da SMT, Paulo Jesus.

A Prefeitura determinou ao Sindicato e as empresas operadoras do sistema de transporte coletivo urbano para que no horário de pico, onde há maior movimentação de passageiros, aumentem o número de veículos para evitar a superlotação e nos horários onde há queda no movimento a operação poderá ser ajustada de acordo com a demanda.

Foi solicitado, também, que a higienização dos coletivos seja realizada diariamente, principalmente na parte interna nas barras de sustentação e em outros elementos onde o contato das pessoas ocorre de forma permanente.

O serviço de transporte coletivo é uma atividade de suma importância na garantia da mobilidade da população e deve ser ofertado dentro de todas as medidas adotadas para evitar o contágio e a transmissão da doença.

Por Agência Santarém

RG 15 / O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *