Em Belterra, Polícia Civil prende homem que mandava mensagens com fotos e vídeos de sexo para crianças

A prisão resultante da ação integrada entre as Polícias Civis de Oriximiná e Belterra, com apoio do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) de Santarém, aconteceu na quinta-feira, 2 de abril.

De acordo com a polícia judiciária estadual, a investigação teve início quando a equipe da delegacia do município de Oriximiná – quem tem como titular o delegado Willian Fonseca – foi procurada por uma moradora do Distrito de Porto Trombetas no dia 28 março, que relatou que um indivíduo estava tentando aliciar as filhas dela por meio do aplicativo WhatsApp.

Segundo a mãe, nas conversas, o suspeito enviava fotos de seu órgão sexual, vídeos de sexo, e imagens de crianças nuas, e exigindo fotos do mesmo teor por parte das vítimas.

“Iniciadas as investigações, recebemos apoio do Núcleo de Apoio a Investigação de Santarém e logramos êxito em identificar o suspeito, bem como o local onde ele morava, na cidade de Belterra. Acionamos os colegas da Polícia Civil de Belterra, que prontamente empreendeu diligências e conseguiu prender o investigado em flagrante delito, em razão do crime previsto no artigo Art. 241-A do ECA: Oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar por qualquer meio, inclusive por meio de sistema de informática ou telemático, fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente: (Incluído pela Lei nº 11.829, de 2008). Pena – reclusão, de 3 (três) a 6 (seis) anos, e multa. (Incluído pela Lei nº 11.829, de 2008)”, informou o delegado Fonseca.

Ainda conforme a autoridade policial, o investigado criou vários perfis no Facebook, de onde captava suas potenciais vítimas.

“Foram encontradas diversas conversas, inclusive com uma criança de nove anos, em que ele pedia que a vítima enviasse fotos de sua nudez”, disse Willian, acrescentando: “Fazemos um apelo aos pais e responsáveis que acompanhem de perto os seus filhos, inclusive na utilização de redes sociais, para evitar que nossas crianças e adolescentes sejam vítimas de pessoas inescrupulosas”.

RG 15 / O Impacto

Um comentário em “Em Belterra, Polícia Civil prende homem que mandava mensagens com fotos e vídeos de sexo para crianças

  • 4 de abril de 2020 em 07:23
    Permalink

    Qual o nome desse pedofilo? Tem que divulgar nome e foto, é de interesse público.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *