Bocão Ed. 1297

SITUAÇÃO CRÍTICA
O aumento do número de casos de Coronavírus em Santarém está deixando muita gente em situação crítica, causando prejuízo às pessoas que estão ansiosas e extremamente preocupadas em função da possibilidade de se contaminarem ou da progressão dos sintomas em caso de contaminação. A extrema ansiedade e preocupação com a saúde são, de acordo com as diretrizes de saúde mental, um Transtorno de Ansiedade. Essas pessoas não podem presumir que vão ser atingidas, senão vão ficar expostas a doenças e fracas, causando outras enfermidades.

 

SUGESTÃO IMOBILIÁRIA
Os locatários deveriam nesse momento isentar os inquilinos dos pagamentos dos alugueis para tentar manter os inquilinos nos prédios. O shopping Rio Tapajós deveria respeitar o momento, pois são sabedores que imóveis fechados dão mais prejuízos. Os inquilinos devem usar o Decreto de calamidade pública que garante esse procedimento.

SUGESTÃO IMOBILIÁRIA 2
O juiz Fernando Henrique de Oliveira Biolcati, da 22ª Vara Cível de São Paulo, concedeu liminar para reduzir o valor do aluguel pago por um restaurante em virtude da epidemia da Covid-19 no Brasil, que resultou na redução das atividades e dos rendimentos do estabelecimento. Pela decisão, o restaurante pagará 30% do valor original do aluguel enquanto durar a crise sanitária. Em Santarém, os restaurantes do shopping e demais pontos podem ingressar na justiça, caso os locadores não reduzam o valor do aluguel.

 

MULTAS DE TRÂNSITO
Um cidadão sugere às autoridades de trânsito, que nesta época da crise econômica e do Coronavírus que está tomando conta no cenário nacional, as canetas da Guarda Municipal, Polícia Rodoviária e Polícia Militar deixem de multar e analise a situação, já que além do Coronavírus tem o desemprego e ninguém vai ter condições de pagar as multas.

 

 

PROCON MUNICIPAL
A senhora Luzia, procurou a coluna para tecer elogios ao diretor do PROCON Municipal, Marcelino Xavier, que passamos a expor: “Fui atendida pelo senhor Marcelino primeiramente pelo telefone e depois presencial mantendo todas as regras contra o Coronavírus”.

PROCON MUNICIPAL 2
“Fui atendida com excelente atendimento de forma educada, gentil e generosa onde o senhor Marcelino educadamente e de forma profissional demonstrando a presteza e solidariedade de uma pessoa capaz e inteligente em sua função tal qual como ser humano magnífico, atendeu-me de forma exemplar conseguindo resolver uma solução inesperada do qual fui submetida”. Assim a senhora Luzia se manifestou e agradece à coluna.

PROCON MUNICIPAL 3
Diante do trabalho que vem prestando, vários partidos políticos já o procuraram convidando a se filiar para disputar uma cadeira na Câmara Municipal. Marcelino timidamente sem experiência política ficou de analisar as propostas para depois decidir, embora sendo filho do Procurador do DETRAN Walber Xavier com larga experiência e prestígio junto à população.

 

AJUDA QUE NÃO VEM
A senhora Desirée Moura pediu que registrasse sua manifestação na coluna para alertar os políticos e autoridades: “Tenho acompanhado através da mídia várias pessoas se mobilizando para, de alguma forma ajudar quem precisa neste período de turbulência”.

AJUDA QUE NÃO VEM 2
“Porém, não vejo movimento nenhum da classe política e das autoridades para ajudar quem necessita, já que tem muita gente precisando. Os políticos deveriam, pois precisam dos votos dessas pessoas e as autoridades porque recebem seus salários com os impostos também dessas pessoas, através do consumo delas”.

AJUDA QUE NÃO VEM 3
“Que tal por um mês os políticos e autoridades fazerem a doação de 10% de seus salários para contribuir com essas pessoas? Ou será que só estão preocupados em fazer uma reserva financeira para aumentar seus patrimônios? Menos falação e mais ação por parte dessas pessoas”, conclui.

 

CULTO SUSPENSO
Será que a preocupação de algumas igrejas é porque não estão recebendo as ofertas? Por que essas igrejas não fazem doações para as pessoas como cestas básicas e outros produtos? Deveriam, já que se preocupam com elas. Será mesmo que se preocupam? Não tenho conhecimento de alguma ação em ajudar o próximo. Jesus não aprova esse tipo de atitude. As igrejas nesse momento deveriam se unir e cada uma colaborar com as pessoas que estão necessitando de ajuda.

32 comentários em “Bocão Ed. 1297

  • 11 de abril de 2020 em 10:02
    Permalink

    Eu, sinceramente, acho que ainda não estamos nem perto da situação crítica com esse corona. Vai piorar e vai piorar MUITO, ainda mais que nem todos estão respeitando o isolamento e ainda ficam saindo, ou marcam de ir em casa de amigos.

    Resposta
  • 11 de abril de 2020 em 10:00
    Permalink

    A unica coisa que eu vejo em relação a essa solidariedade e empatia com quem tá passando por um momento muito ruim nessa pandemia, são os stories das blogueiras e pseudo blogueiras dizendo pra ajudar mas elas mesmas não fazem nada, só falam pros outros ajudarem.

    Resposta
  • 11 de abril de 2020 em 09:58
    Permalink

    Extremamente justo e necessário o alívio com as multas porquê estão todos passando por situações difíceis, todos! Queria que as autoridades tivessem um olhar mais humano pra essa situação.

    Resposta
  • 11 de abril de 2020 em 08:17
    Permalink

    Acho incrível que ainda tem pastor reclamando por causa dos cultos. Não, não pode e nem devem fazer cultos! E o Silas Malafaia ainda fala que é uma vergonha a proibição dos cultos. Vergonha é o que esse cara faz com os outros. Usando a fé do outro para benefício próprio.

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 12:38
    Permalink

    Nossa população esta de parabéns, estamos ajudando. Vejo mobilização de cestas básicas, e nada, nadinha vem “autoridades”, tudo doado por pais de família que tiram do seu sustendo para ajudar o próximo. Deus esta de olho, e tudo que fazemos ao próximo vamos colher. O Plantar é opcional mas a colheita é certa.

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 12:32
    Permalink

    Politico doar 10% de seus salários, só eu vendo mesmo, só querem o venha nós. E realmente não tem mobilização nenhuma, nadinha!

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 12:28
    Permalink

    No dia que anunciaram o primeiro casa de Covit-19 que por sinal era fake news, maior vergonha da tv santarena, kkkkkk, enfim todo mundo saiu doido para os supermercados pensado que ia acabar comida, tinha um gaiato de um marronzinho frescando, tinha nem tamanho.

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 12:26
    Permalink

    Esses marronzinhos são gaiatos. Eles estão multando direto tão é doidos, cadê a empatia ?

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 12:14
    Permalink

    Será que o Decreto de calamidade pública que garante esse procedimento, pode ser usado para residencias alugadas para pessoa física ?

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 12:12
    Permalink

    Tenho vários amigos empresários, e em nossas conversas acabaram abrindo o coração, falando que o Rio Tapajós Shopping tá nem aí com a calamidade, quer é receber. Receber das empresas grandes, sem problemas, Riachuelo, Americanas, CEA, essas sem dúvida tem um fundo de emergência, agora nossas empresas pequenas da região, tá bem complicado nem sei como vão ressurgir depois de tudo isso. O mundo dá voltas, hoje os empresários precisam que o financeiro do shopping seja flexível depois que tudo passar o Rio Tapajós vai precisar das empresas, uma mão lava a outra literalmente.

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 11:56
    Permalink

    Cara, minha esposa chora demais, e a culpa ela põe na mídia, parou de ver a globo tava ficando doente, e com medo até de ir na área de casa. Paramos de assistir a globo, agora quem canta de galo lá em casa é o Siqueira Jr. Recomendo!

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 11:53
    Permalink

    Tenho vários amigos, até parentes que já não estão em seus juízo perfeito. Um medo sem medida, palpitações, ansiedade, insonia. Olha só Deus na causa e muita muita conversa, apara ajudar a desabafar.

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 09:37
    Permalink

    Estamos vendo mais pessoas comuns ajudando aos outros do que os que estão em evidencia.

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 09:23
    Permalink

    Esse bocão é danado. Orientador não perco um bocão. Obrigado jornal o Impacto

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 09:21
    Permalink

    Tem pastor que só pensa em salario e oferta. Será que eles se preocupam com as pessoas que precisam de ajuda?

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 09:19
    Permalink

    É verdade, ninguém ver as igrejas e os políticos de Santarém, doando alguma coisa para quem precisa. Na hora de pedir voto, isso eles fazem com humildade.

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 09:18
    Permalink

    O PROCON nesse momento não deve multar, deve orientar e se tiver produto vencido, fazer a apreensão e deixar o comercio funcionando com restrições e não fechar nessa situação tão difícil de nossa economia.

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 09:16
    Permalink

    Acho também que não deve multar nesse momento, muita gente está em situação difícil

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 09:15
    Permalink

    Obrigado bocão pela dica do aluguel

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 09:14
    Permalink

    É verdade, eu estou ansioso com medo de pegar essa doença. Vou tentar mudar para poder viver melhr.

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 09:13
    Permalink

    o que vimos foi o Paulo Gasolina dando 50% do salário dele e ja vi tb o Dayan Serique distribuindo umas cestas nuns bairros por ai
    mas e o restante?
    outra coisa que poderíamos pontuar, que Paulo Gasolina nao deveria dar seu dinheiro pra secretaria de Saúde, até pq la chove o dinheiro e a saúde nao muda
    #prontofalei

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 09:08
    Permalink

    Agora mais burrice foi o idiota do Nélio deixar ter culto novamente
    èeeeeeeeeegua… o que tem na cabeça desse prefeito?
    Isso pq é médico
    se fecha várias situações, pq abrir pra Igreja?

    vou te contar pra ti heeeeein!!!!!

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 09:04
    Permalink

    VERDADE SR BOCÃO
    UMA PALHAÇADA VOLTAR A TER CULTO
    MESMO MANTENDO A PORRA DA DISTÂNCIA
    QUEREM SÓ DINHEIRO ESSES PASTORES

    Resposta
    • 9 de abril de 2020 em 09:26
      Permalink

      concordo
      Nélio ja ia pegando corda dos espertos
      deixando as igrejas receberem os fiéis

      Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 08:51
    Permalink

    Essa semana precisei ir ao assai fazer supermercado e vi muitas senhoras acompanhando seus filhos e filhas. Muitas sem máscara nenhuma de proteção. Gente, nao levem suas maes e avós para a rua. Tentem ir ao supermercado só de uma pessoa para evitar aglomeração. Poxa… vamos nos ajudar para que essa pandemia passe o mais rápido possivel.

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 08:44
    Permalink

    Os políticos ficaram todos dando piti quando o povo começou cobrar que o fundo partidário seja usado para ajudar na crise. Essa corja só se preocupa com o proprio bolso. Inúteis

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 08:41
    Permalink

    Pastores, é hora de se unir em oração aos seus fiéis para pedir a Deus proteção ao mundo. Não é hora de pedir dinheiro de muitos que não sabem nem se terão o que comer amanha.

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 08:39
    Permalink

    Muito justo baixar o valor do aluguel nesse período. Tem muitos empresários que estão desesperados. Não conseguiram trabalhar ou tiveram seu faturamento muito comprometido. É hora de todos se ajudarem como podem.

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 08:33
    Permalink

    Porque as igrejas querem tanto voltar a fazer culto presencial? Por que nao fazem lives como estão fazendo os artistas? cada igraje organiza uma mega live em determinado dia e horario. Aposto que será muito bem aceito.

    Resposta
  • 9 de abril de 2020 em 08:31
    Permalink

    Essa situação está mexendo muito com o psicológico das pessoas. É muita instabilidade de uma hora pra outra na vida em todos os aspectos. Temos que ser muito fortes para superarmos essa pandemia.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *