Bocão Ed. 1298

DESESPERO DA CLASSE
Diversos empresários locais estão desesperados em decorrência da falta de faturamento, com as vendas zeradas. Os empresários não conseguem encontrar uma luz no final do túnel e o Tribunal Administrativo da SEFA, continua julgando processo causando ainda mais prejuízos com o resultado em uma época de crise.

 

 

CAPITAL DE GIRO
Por meio de seus representantes e em posse de estudos estratégicos, os empresários deveriam informar aos órgãos da administração pública, fornecedores e bancos os prejuízos que a crise vem causando no capital de giro de suas empresas, como forma de manter seus direitos durante e depois da crise. Se não agirem assim, esses direitos serão preclusos, através do procedimento espontâneo. Nesse caso, os credores não podem cobrar juros e multas enquanto permanecer o Estado de Calamidade.

CAPITAL DE GIRO 2
O Coronavírus está causando prejuízos às atividades dos empresários que já são sacrificados pela alta carga tributária, e por inúmeras dificuldades em decorrência das constantes crises financeira e econômica, eles estão preocupados com uma possível falência de seus negócios, já que as vendas para uns não existem e para outros reduziu em 70%. Essa situação está deixando os empresários sem pagar fornecedores e seus funcionários e os bancos particulares deveriam ajudar concedendo empréstimo com 1% de juros ao mês para seus clientes.

CAPITAL DE GIRO 3
Código Civil, art. 393. O devedor não responde pelos prejuízos resultantes de caso fortuito ou força maior, se expressamente não houver por eles se responsabilizado. Parágrafo único. O caso fortuito ou de força maior verifica-se no fato necessário, cujos efeitos não eram possíveis evitar ou impedir.

ARRECADAÇÃO
Com o comércio e os prestadores de serviços sem emitir notas fiscais, é inevitável a queda de arrecadação do município através do ICMS e ISS, podendo chegar a 70% da arrecadação Municipal, Estadual e União. Os empresários devem agir para justificar a falta de recolhimento dos impostos.

 

DEMISSÃO
Empresas de alimentação (padarias, restaurantes, e afins) começam a efetuar a demissão em massa de seu corpo de colaboradores, sem conseguir pagar o acerto rescisório, o que implicará em maiores dificuldades aos trabalhadores para conseguir sustentar suas famílias. A culpa não é dos empresários, é do estado de força maior criado pela pandemia. Por esse motivo, os empresários devem exigir da classe procedimentos técnicos para garantir seus direitos e de seus colaboradores, sem juros e multas quando forem pagar.

 

 

METADE DO SALÁRIO
Um vereador está analisando a possibilidade para ingressar com uma medida para reduzir em 50% os salários dos vereadores e também dos secretários para evitar atraso na folha de pagamentos dos servidores e dos contratados pela prefeitura.

 

FESTAS
As autoridades estão preocupadas com as festas no final de semana nas residências. As Polícias Militar e Civil estão agindo e vão coibir tal prática, que atrasa o combate ao Coronavírus e prejudica, acima de tudo, quem tem que manter suas lojas e escritórios fechados.

 

 

LICITAÇÃO
Com a crise as prefeituras estão desobrigadas de fazer licitação, mas devem juntar pesquisas de preços pra evitar superfaturamentos. A Lei de Responsabilidade Fiscal vai apenas fiscalizar e controlar os gastos com pessoal e dívida consolidada, ajustes emergenciais e despesas extraordinárias, essas vão ficar por conta e responsabilidade dos prefeitos, porém, com prestação de contas.

 

 

MÁSCARA
A Senhora Adriane Lima, ficou triste com o que viu em alguns comércios e na fila da Receita Federal: “Eu era uma das poucas com máscara. Vi pessoas se cumprimentando com as mãos, como se nada estivesse acontecendo. Sinto que a maioria não se deu conta da seriedade da situação. Essa triste constatação que estamos vivenciando nas ruas, pode causar sérios danos à população. O decreto do Prefeito Nélio está correto, decretando que todos fiquem em suas casas após as 21 horas”.

24 comentários em “Bocão Ed. 1298

  • 20 de abril de 2020 em 17:11
    Permalink

    Pelo que li na coluna e nos comentários, não é para a Sefa fiscalizar e nem para o Tarf julgar processos. Não é para ninguém pagar tributos. O sistema público de saúde vai funcionar durante a pandemia na base do milagre?

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 10:32
    Permalink

    Engraçado que todos os setores pararam. Mas o TARF continua julgando.

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 10:30
    Permalink

    Eu vejo um monte de empresários reclamando e criticando os valores das coisas. Mas eu quero é ver o estado pedir um orçamento pra esses mesmos empresários pra ver o valor da cotação que vao repassar. Tudo hipocrisia.

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 10:27
    Permalink

    As pessoas realmente nao estao levando a sério nenhum pouco as recomendações dos profissionais de saúde. Está difícil nossa situação.

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 10:07
    Permalink

    Sinto muito pelos funcionários que estão ou vão ser demitidos, mas não tem outro jeito senão a conta não fecha.

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 10:04
    Permalink

    Acho extremamente justo e necessário esse corte no salário dos vereadores e secretários. Cheios de regalias e privilégios com o povo se lascando. CORTA TUDO!

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 10:02
    Permalink

    Cadê o Helder pra impor situação que flexibilizam situações para os empresários?
    Arrocha lá Helder, se já não bastasse a crise da pandemia, agora um crise mais grave econômica?
    SEFA TA ARROCHANDO SEM PENA

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 09:52
    Permalink

    VAMOS VER MESMO SE ESSES VEREADORES DOAM A METADE DE SEU DINHEIRO
    HAHAHA…

    DU – VI – DO

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 09:28
    Permalink

    Só sei que o pessoal ta brincando mesmo com esse tal coronavírus
    Pq o povo anda na rua como se nada estivesse acontecendo
    Banco tá uma cagada

    será q tão achando que realmente é uma gripezinha?

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 09:22
    Permalink

    A SEFA não pode fiscalizar os empresarios nesse momento, A situação está difícil. esse ano está ruim e vai ficar também ruim demais.

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 09:20
    Permalink

    O Prefeito Nélio está trabalhando e muito para atender a população, embora não tenha recurso suficiente para atender 100%. Parabéns prefeito.

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 09:18
    Permalink

    A Receita Federal não tomou nenhuma providencia para evitar a fila o governo do Pará resolveu. Quem tem mais iniciativa?

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 09:17
    Permalink

    O bocão é coerente e diz a verdade, só que os empresários não reagem e não seguem o bocão, parece que ficam com medo de agir.

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 09:15
    Permalink

    Eu posso perder meu emprego pela pressão que os empresários estão sofrendo sem vendas. Sei que é dificil, porém, sem emprego como vamos comprar remedio?

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 09:14
    Permalink

    Tem que parar com todo tipo de festa sim! Essa galera só vai respeitar a quarentena quando as vítimas forem familiares ou conhecidos.

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 09:13
    Permalink

    O Helder pede para as pessoas ficarem dentro de casa e a SEFA fica julgando processo. É uma coisa ou é outra. E julga processo contra os empresarios na situação de crise. Esse Helder não sabe o que quer.

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 09:09
    Permalink

    Acho muita cara de pau eles continuarem julgando processo nessa pandemia que ta rolando. Como os empresários vão arranjar o dinheiro pra pagar tudo isso?

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 08:58
    Permalink

    O pessoal nao ta respeitando nao
    O Pior que foi só no primeiro dia aquele enxame de policiais nas ruas
    Hoje a gnt nao vê mais aqueles carros todos, assustando as pessoas
    Tem que tocar o terror mesmo
    Tem muito malandro fazendo altas festas em casas por ai

    Resposta
    • 17 de abril de 2020 em 09:10
      Permalink

      Como assim tu não vê a polícia na rua? Só se tu, realmente, não sair de casa mesmo porquê tem polícia em todo canto.

      Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 08:49
    Permalink

    Prefeitura tem que decretar uso obrigatório do uso de máscaras, igual a muitos municípios no Brasil. Pronto, acaba com essa avacalhação.

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 08:38
    Permalink

    Helder dá um show em pesquisa de preço, SQN. kakakakakakakakaka

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 08:36
    Permalink

    A Polícia Militar, fechou uma igreja lá perto de casa, imagine festinha em casa de desocupado. Vamos é denunciar.

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 08:28
    Permalink

    A defesa administrativa de futuras cobranças (Auto de infração ou notificação fiscal) é uma importante ferramenta que o Contribuinte possui a seu favor. E hora de usar as armas que temos contra o fisco que insiste em fechar os olhos para a situação dos empresários.

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 08:14
    Permalink

    Detalhe, continua julgando processo e ainda deixando empresas como ativo não regular. Os servidores podem ter parado mas o sistema continua rodando.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *