Comerciante é preso suspeito de estuprar menina em Santarém

De acordo com informações da Polícia Civil, a prisão ocorreu na tarde de domingo, 12 de abril. A vítima de 11 anos teria ido comprar fraldas no mercantil do acusado, momento que o crime aconteceu.
No retorno à sua residência, a criança aos prantos, narrou à mãe como tudo aconteceu. A polícia foi acionada e efetuou a prisão em flagrante.

Conforme a autoridade policial, a vítima disse que no comércio, o homem a levou ao corredor onde se encontravam as fraldas, e percebendo que não havia mais ninguém, iniciou atos libidinosos. Ainda conforme relato da criança, por meio de escuta especializada, ela afirmou que o abusador ainda lhe deu um chocolate. O preso foi encaminhado a Central de Triagem Masculina do Complexo Penitenciário de Cucurunã, onde aguardará posicionamento da Justiça.

De acordo com a Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente (DEACA) de Santarém, os responsáveis por esse público devem aumentar os cuidados, uma vez que os números de crimes sexuais contra crianças e adolescentes têm aumentado exponencialmente, em especial neste período de isolamento social devido à pandemia.

ASSALTANTES RENDEM GERENTE EM ASSALTO À AGÊNCIA BANCÁRIO DE ALTER DO CHÃO
A Polícia Civil de Santarém segue com a investigação de ação criminosa que teve como alvo a agência bancária de Alter do Chão. O crime teria ocorrido na manhã de segunda-feira, 13 de abril. Os bandidos renderam o gerente do banco ainda em sua residência.

Após subtraírem o dinheiro, os criminosos empreenderam fuga no veículo do gerente, que também foi levado como refém. Ao chegar próximo a um ramal da Comunidade de Santa Rosa, os assaltantes incendiaram o veículo, libertando o gerente. As polícias civil e militar realizaram diligências com objetivo de localizar os criminosos, no entanto, até a publicação desta matéria, ninguém foi preso.

INTERVENÇÃO POLICIAL COM RESULTADO MORTE É REGISTRADA EM ALTER DO CHÃO
De acordo com informações, um suspeito de cometer crimes na Vila de Alter do Chão foi alvejado com disparo de arma de fogo e veio a óbito na madrugada de quarta-feira, 15 de abril. Na abordagem realizada pela polícia, o mesmo esboçou reação contra os homens da lei, que reagiram em defesa da própria vida. O morto integraria grupo criminoso responsável por invasões e arrombamentos com furtos em residências do Distrito.

Antes de ser baleado, ele e um comparsa estariam em tentativa de invadir uma casa. O suspeito estava na posse de um simulacro de arma de fogo.

O delegado plantonista da 16ª Seccional, Lucivelton Ferreira, solicitou a presença do CPC Renato Chaves para as perícias necessárias, bem como remoção do cadáver para exame de necropsia. Em continuidade das diligências, a polícia localizou e prendeu dois comparsas do suspeito que veio a óbito.

PRESO D E CUCURUNÃ SERÁ TRANSFERIDO PARA BELÉM APÓS SER FLAGRADO COMENTANDO SHOW AO VIVO NA INTERNET
Dez dias de isolamento e cumprimento de medida disciplinar. Esses foram os procedimentos adotados pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) contra três detentos flagrados, na última quarta-feira (8), mandando recados em redes sociais durante a live – transmissão em vídeo ao vivo – de um artista.

O primeiro flagrado é custodiado no Centro de Recuperação Regional de Redenção (CRRR), no sul do Pará; o segundo, do Centro de Recuperação Regional de Tucuruí (CRRT), na região sudeste, e o terceiro, do Centro de Recuperação Agrícola Sílvio Hall de Moura (CRASHM), em Santarém, no oeste. Todos foram identificados pela Diretoria de Execução Criminal (DEC). Os aparelhos celulares foram apreendidos durante revista em todas as casas penais.

Os três internos serão transferidos para o Complexo Penitenciário de Santa Izabel (Cpasi), na Região Metropolitana de Belém (RMB), onde cumprirão as medidas decorrentes do flagrante.

Todo o procedimento de segurança foi realizando com base no protocolo de segurança e conduta da Seap. Além da abertura do Boletim de Ocorrência, os presos responderão a Procedimento Disciplinar Penitenciário (PDP). (Com informações da Agência Pará).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *