Escola Ubaldo Corrêa funcionará como unidade de saúde descentralizada para síndrome gripal

Escola Ubaldo Corrêa será base para atendimentos: síndrome gripalA Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), implantará uma Unidade de Saúde Descentralizada para síndrome gripal na escola municipal Ubaldo Corrêa, na rodovia Fernando Guilhon, Santarenzinho. A unidade irá atender pacientes que apresentam sintomas gripais, desafogando a Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24H. Os atendimentos iniciam nesta segunda-feira, 18, das 08h às 18h. A unidade de saúde também é uma medida de prevenção e uma arma na guerra contra o avanço do novo coronavírus.

“Em decorrência do grande aumento no índice de pessoas apresentando Síndrome Gripal, a Prefeitura, por meio da Semsa, estará implantando está unidade de saúde descentralizada para síndrome gripal, visando facilitar e agilizar o acesso dessas pessoas ao serviço de saúde. A alternativa otimizará os atendimentos na UPA 24H, com potencial resolutivo dos casos característicos para a Atenção Básica”, explica Dayane Lima, titular da Semsa.

Responsável pelo atendimento e à disposição da população, uma equipe multiprofissional composta por enfermeiros, técnicos em enfermagem, médicos, farmacêuticos, fisioterapeutas, auxiliares administrativos e agentes de conservação. O atendimento será por demanda espontânea, exclusivamente para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) que estejam apresentando sintomas da síndrome gripal.

“Além de desafogar a UPA 24h, com essa medida vamos conceder mais uma alternativa à população. Fortalecendo a Atenção Básica, diagnosticando, fazendo o monitoramento e iniciando o tratamento mais cedo evitaremos os casos graves e os óbitos”, argumenta o prefeito Nélio Aguiar, acrescentando que é mais uma arma na guerra contra o avanço do novo coronavírus em Santarém.

RG 15 / O Impacto com informações da Agência Santarém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *