Artigo – A Capgras brasileira

Por Oswaldo Bezerra

Existe uma doença que faz literalmente você crer em algo falso. É um raro transtorno no qual uma pessoa sofre de uma crença ilusória de que alguém é, na verdade, uma outra pessoa, um impostor idêntico. O nome desta doença é Síndrome de Capgras. Ela causa uma crença enganosa e muitos assassinatos foram executados por causa dela.

Na Amazônia a crença do boto sedutor serviu de álibi para mocinhas grávidas. Em outras culturas e também em outras épocas muitas crenças levaram a erros que causaram mortes de até milhões de pessoas. Na idade média, a crença sobre metamorfos na Irlanda provocou muitos assassinatos de crianças com epilepsia. Esposas também foram sacrificadas pela ideia de que elas haviam sido substituídas por metamorfos, fadas ou bruxas.

Quem crê que a matança de judeus na segunda guerra foi o maior dos erros causados por falsa crença está enganado. O extermínio dos Cátaros (cristãos de pura esência) a mando de um papa, que dizia que era a vontade de Deus, foi um extermínio maior, matou milhões de pessoas em toda Europa.

Não satisfeitos com a morte de milhões na Europa, outra falsa crença levou ao terrível engano de achar que os europeus deveriam dominar à terra santa, pois era a vontade de Deus. Resultado, mais alguns milhões de mortos em uma guerra sem sentido. O que fazer quando uma crença o faz acreditar piamente em um fato? Use o pensamento crítico, pondere, verifique a história.

Nos últimos anos no Brasil foi criada a crença de que devemos nos afastar de todo e qualquer país que seja de orientação progressista ou de esquerda e que devemos fazer comércio apenas com países capitalistas, para podermos crescer. Fato este muito propagado nas campanhas presidenciais de Aécio Neves e Bolsonaro. Crença esta que nos pode levar a um grande erro.

A realidade é que nosso maior parceiro comercial é um país com governo de esquerda, a China. Desde 2009, o país asiático tomou esta posição dos EUA. Segundo o Ministério da Economia, em 2018, este comércio foi de US$ 98,6 bilhões, com superavit para o Brasil de US$ 29,2 bilhões. São minérios, petróleo e produtos agrícolas que o mercado chinês absorve do Brasil e que, impulsionaram o agronegócio brasileiro. A China precisa de muitos produtos que o Brasil tem em abundância. O grande sucesso do agronegócio brasileiro se deve muito ao crescimento da demanda chinesa.

Por outro lado, mesmo nosso governo garantindo cotas para, por exemplo, o álcool e díesel norte-americano, que favorece em muito as empresas dos gringos, sofremos um terrível golpe no comércio com os EUA. A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, que tem muito mais poder lá do que a câmara dos deputados aqui, através do Comitê de Assuntos Tributários (“Ways and Means”) informou que se opõe ao plano de expandir laços econômicos com ao Brasil de Bolsonaro.

Ainda hoje se ouve uma canção de pular corda na Irlanda que pergunta se você é uma bruxa ou uma fada. A verdade é que, às vezes, não queremos respostas. Queremos apenas a confirmação de que o mundo é como queremos que seja. Fugimos do pensamento crítico por preguiça.

Enfrentando um mundo em evolução, muitos ainda querem acreditar que ele é dividido entre capitalistas e comunistas, e que uma das duas ideologias virá nos salvar. Mesmo sabendo que o maior país comunista do mundo (China) utiliza do capitalismo para atingir seu impressionante crescimento econômico, e que o maior país capitalista do mundo (EUA) usa e abusa de fomento estatal para se manter no topo, alguns preferem continuar no mundo da crença, ou das fadas.

RG 15 / O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *