Caixa divulga calendário de saque do FGTS; pagamentos começam no dia 29

A Caixa anunciou neste sábado (13/6) o calendário de pagamento do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). As retiradas poderão começar a ser feitas em 29 de junho e seguirão conforme o mês de nascimento dos trabalhadores.

Será possível sacar até R$ 1.045 por trabalhador — e não por conta, seja ativa ou inativa. Se uma pessoa tiver R$ 500 na conta, poderá sacar este valor. Agora, se tiver mais que R$ 1.045, inclusive em mais de uma conta, só poderá sacar até este limite.

Em entrevista coletiva on-line, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, apresentou dois calendários: um para saques em dinheiro ou transferência para outras contas e outro para uso do dinheiro em uma conta digital criada pelo banco. Ambos seguem a data de nascimento do trabalhador.

No caso da conta digital — na qual o dinheiro pode ser usado para pagamento de contas ou para compras em estabelecimentos credenciados —, o valor estará disponível em 29 de junho para nascidos em janeiro. O calendário segue até 21 de setembro, quando serçao beneficiados os nascidos em dezembro.

Confira as datas:

Nascidos em janeiro: 29 de junho
Nascidos em fevereiro: 6 de julho
Nascidos em março: 13 de julho
Nascidos em abril: 20 de julho
Nascidos em maio: 27 de julho
Nascidos em junho: 3 de agosto
Nascidos em julho: 10 de agosto
Nascidos em agosto: 24 de agosto
Nascidos em setembro: 31 de agosto
Nascidos em outubro: 8 de setembro
Nascidos em novembro: 14 de setembro
Nascidos em dezembro: 21 de setembro 

Para o saque em dinheiro e transferência, os trabalhadores nascidos em janeiro receberão em 25 de julho. O calendário segue até 14 de novemebro, quando terão direito ao saque os nascidos em novembro e dezembro.

O saque estava previsto na Medida Provisória (MP nº 946), publicada em 17 de abril, com o objetivo de reduzir o impacto da crise econômica pelo novo coronavírus.

De acordo com o presidente da Caixa, os trabalhadores também terão acesso a informações do saque emergencial (valor e data), creditado na poupança digital pelo site oficial e pelo número de telefone 111. Ainda conforme Guimarães, 60 de milhões de pessoas poderão sacar o FGTS emergencial. O impacto previsto é de R$ 37,8 bilhões. 

Fonte: Correio Braziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *