Operação Caixa Dourada II cumpre mandados contra garimpeiros no Pará

A Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em endereços ligados a garimpeiros ilegais da região sul do Pará. A Operação Caixa Dourada II é realizada em Redenção.

Vale lembrar que o alvo da operação já foi preso em flagrante, no dia 17/01/2020, pelos crimes de exploração de matéria-prima pertencente à União sem autorização (art. 2º da Lei 8.176/1991), execução de lavra sem autorização (art. 55 da Lei 9.605/1998) e posse de artefato explosivo sem autorização (art. 16, § 1º, III, da Lei 10.826/2003), por ocasião da Operação Caixa Dourada, a qual desarticulou um garimpo de cobre na zona rural do município de Ourilândia do Norte/PA.

Na etapa de hoje, os mandados foram pela Justiça Federal em Redenção/PA, atendendo a pedidos da Polícia Federal, e permitiram a realização das medidas de busca em dois imóveis pertencentes a I.S.T., investigado por crimes ambientais, extração ilegal de minérios e posse de material explosivo.

Além disso, a operação também tem o objetivo de encontrar mais provas da prática dos crimes de corrupção ativa e passiva, uma vez que o investigado é suspeito de dar vantagens indevidas a agentes públicos com o propósito de facilitar o fluxo do minério irregularmente extraído.

A Justiça Federal determinou a imposição ao investigado de várias medidas cautelares diversas da prisão, a exemplo da proibição de mudança de residência sem prévia permissão judicial, de acessar locais de garimpos ilegais e de manter contato com outras pessoas que, com ele, praticam os mesmos crimes.

Fonte: Dol

Imagem: Reprodução PF/PA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *