Procon convoca Equatorial para explicar aumentos na conta de energia

O aumento da conta de energia dos paraenses durante a pandemia de Covid-19 foi o tema da reunião entre o Procon e representantes da Equatorial Energia, nesta terça-feira, 21, na sede da diretoria do órgão de proteção ao consumidor.

Os representantes da concessionária foram questionados quanto ao processo de medição do consumo de energia e sobre as ações da empresa para ajudar os consumidores. Foi solicitada também a prorrogação dos programas de parcelamentos das contas em atraso, para evitar a inadimplência dos consumidores.

“Como recebemos muitas denúncias, percebemos que tem que ser analisada, de fato, esta situação, para que possamos chegar à conclusão se os consumidores estão utilizando mais energia ou se há irregularidade nos medidores da Equatorial”, ponderou o diretor do Procon Pará, Nadilson Neves.

Na semana passada, junto com uma equipe do Instituto de Metrologia do Pará (Inmetro Pará), os fiscais do Procon avaliaram como funciona a verificação dos medidores, o processo de captação do uso de energia e a perícia que pode ser feita em cada equipamento. Para que o consumidor pague um valor maior, é necessário que haja um registro comprovado do aumento de consumo da unidade.

O diretor reforça ainda que o consumidor que tiver dúvida sobre a medição no local em que reside ou trabalha, ele tem o direito de solicitar perícia no Procon Pará, no ImetroPará ou na própria concessionária.

Em caso de denúncias, é importante que sejam apresentados os comprovantes dos valores de contas anteriores, além de registro pelo Disque-Denúncia (151), telefone fixo 3073-2827, pelo e-mail proconatend@procon.pa.gov.br ou ir até a sede, na Trav. Lomas Valentinas, n° 1150, Pedreira, Belém. O Procon integra a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

 

Nota da Celpa/Equatorial:

A Equatorial Pará, sempre primando pela transparência e respeito aos seus clientes, esclarece que a reunião realizada com o Procon ocorreu por solicitação da própria Distribuidora, tendo o intuito de evidenciar sua atuação durante o período de isolamento ocasionado pela pandemia do Coronavirus. Na oportunidade, foi explicado aos representantes do órgão e do Inmetro, que também participou do encontro, como a empresa adequou sua estrutura de atendimento para permitir que os consumidores continuassem a ter acesso aos serviços de forma remota.

Embora estejamos em isolamento social, com as pessoas passando mais tempo em casa e justamente no período de verão amazônico, estação mais quente no Estado, quando historicamente há o registro de aumento no consumo de energia elétrica nos lares paraenses em cerca de 2%, a empresa demonstrou que estes fatores não tem implicado no aumento de registro de reclamações de consumo, seja em seus canais de atendimento, no judiciário ou demais órgãos de defesa do consumidor.

Durante o encontro a empresa esclareceu pontos relacionados ao seu sistema de medição, deixando claro que todos os nossos medidores são os mesmos utilizados em todas as distribuidoras de energia do país e possuem a homologação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e dos demais órgãos reguladores.

A empresa apresentou ainda o resultado de uma perícia conduzida pelo Ministério Público Estadual e Procon de Altamira, a qual analisou uma amostra dos medidores da companhia instalados em unidades que reclamaram sobre o valor das faturas. Nenhum dos medidores analisados apresentou qualquer erro de registro a maior, o que também demonstra a lisura e a confiabilidade dos equipamentos utilizados pela concessionária.

É importante destacar que os consumidores tem o direito de requerer uma perícia em seus equipamentos de medição diretamente para a Concessionária, sempre que desejar. Nestes casos, o equipamento será enviado para o próprio Inmetro Pará realizar a avaliação e só haverá custo para o consumidor se ficar atestado que o equipamento está funcionando regularmente.

Em caso de dúvidas sobre os valores cobrados na conta de energia, a empresa direciona que seus clientes acessem os canais de atendimento, por meio do site www.equatorialenergia.com.br, o aplicativo Equatorial Energia ou ainda pela Central de Atendimento no 0800 091 0196.

RG 15 / O Impacto com Agência Pará

 

26 comentários em “Procon convoca Equatorial para explicar aumentos na conta de energia

  • 25 de julho de 2020 em 16:13
    Permalink

    Aki em altamira ta uma vergonha…nos temos um obra de grande porte no estado e pagamos a energia mais cara…sinceramente viu…eu pagava no máximo 200 reais mensais de energia…tem mais de 5 meses que trabalho numa empresa e ficando alojado 15 dias…no caso só estou usando energia normalmente durante 15 dias ao mês e minha energia subiu para 447 reais…isso é um absurdo…usando 30 dias vinha 200 agora usando 15 vem mais que o dobro…falta de respeito com os consumidores…além de tudo sou cadastrado no baixa renda e vem tudo isso…tremendo de um roubo…não tô conseguindo nem comprar uma roupa para as minhas filhas e esposa….

    Resposta
  • 25 de julho de 2020 em 16:08
    Permalink

    Aki em altamira ta uma vergonha…nos temos um obra de grande porte no estado e pagamos a energia mais cara…sinceramente viu…eu pagava no máximo 200 reais mensais de energia…tem mais de 5 meses que trabalho numa empresa e ficando alojado 15 dias…no caso só estou usando energia normalmente durante 15 dias ao mês e minha energia subiu para 447 reais…isso é um absurdo…usando 30 dias vinha 200 agora usando 15 vem mais que o dobro…

    Resposta
  • 25 de julho de 2020 em 12:51
    Permalink

    Pandemia está no Brasil todo e por quer só aqui no Pará tá dendo esses aumentos os impostos aqui no Pará e muito auto .

    Resposta
  • 25 de julho de 2020 em 10:40
    Permalink

    Aq no Piauí tb ta puxado essas contas de energia. E é a mesma enpresa Equatorial

    Resposta
  • 25 de julho de 2020 em 10:05
    Permalink

    Tenho um aparatamento que não mora ninguém e a energia vem 70 reais….
    Um absurdo.
    Estão roubando na cara de pau.

    Resposta
  • 25 de julho de 2020 em 08:34
    Permalink

    Um absurdo mesmo,minha energia não passava de 200,00 mas esse mês veio 446,00 estou louca de preocupada para saber como vou pagar.?como uma pessoa que com contrato suspenso ganhando um salário mínimo ,pagando aluguel vai conseguir pagar uma conta desse valor.?como meu Deus?.. como

    Resposta
  • 25 de julho de 2020 em 05:09
    Permalink

    Gostaria que na renegociação das dividas a entrada das parcelas fosse pelo menos de 30% do valor. Estão cobrando muito alto o valor.

    Resposta
  • 25 de julho de 2020 em 04:38
    Permalink

    Vamos se Juntar e Denunciar e fazer uma ocorrência na ANEEL o Procon também não está isento da Culpa pois aqui aonde eu moro eles praticamente fica juntos.

    Resposta
  • 25 de julho de 2020 em 02:29
    Permalink

    Tenho uma casa desocupada a mais se um ano e chega contas altíssimas.
    Um assalto essa empresa.
    Tem que processar direto.

    Resposta
  • 24 de julho de 2020 em 23:35
    Permalink

    Essa EQUATORIAL tem q ser banida do brasil e uma corja de ladroes do consumo ,eles inventam qualquer coisa para assaltar os consumidores temosq romar uma providência contra esses malandros ,esses bandidos .

    Resposta
  • 24 de julho de 2020 em 22:32
    Permalink

    Essa concessionária Equatorial é uma verdadeira sangue suga.o meu medidor estava parado dando erro desde do mês de junho.liguei para esse 0800 09196 nó outro dia voltou a funcionar como se eu estivesse consumindo 17 kwh diariamente enquanto que o meu consumo diário é de 6 a 7 kWh como eles pode calcular um valor desse absurďo. Gente fique de olho no medidor,ele apresenta erro e quando volta nós estamos roubadós é assim que eles nos assaltam. Nós viramos reféns dessa Equatorial.

    Resposta
  • 24 de julho de 2020 em 21:47
    Permalink

    Minha conta de energia e um absurdo de cara, muitas das vezes não sei se compro o que comer ou se pago energia, vou até preocurar mesmo o Procon, pois já não sei mais o que faço.

    Resposta
  • 24 de julho de 2020 em 21:21
    Permalink

    A realidade de nosso país e o nosso governante que poderia ter uma fiscalização mais rígida em cima dessas empresa que fornece energia… nunca ouvir dizer que algum cliente ganhou causa relacionada ao mau serviço de energia fornecida… o povo tem vários direito mas ñ busca os mesmo.

    Resposta
  • 24 de julho de 2020 em 21:12
    Permalink

    Aqui em casa tem uma tv , um ventilador e uma geladeira sendo que só a geladeira fica ligada o restante fica tudo fora da tomada e mesmo assim a conta veio 135

    Resposta
  • 24 de julho de 2020 em 20:01
    Permalink

    Minha mãe tem 90 anos e recebe um salário mínimo,paga mais de 200 reais de energia porque é baixa renda.Precisa comprar remedios,pois tem doenças crônicas.Essa baoxa rwnda deveria ter uma taxa permanente no valor em que o idoso podesse pagar.Isso é uma falta de humanidade dessa empresa com a população dos mais pobres.

    Resposta
  • 24 de julho de 2020 em 19:54
    Permalink

    Não estou a favor da empresa de energia.
    Pra um bom observador o aumento deve-se a quantidade de dias na leitura deste mês que foram 33 dias.
    Absurdo é ser cobrado icms sobre icms que o governo do estado faturando 25% dos bolsos da população além das prefeituras não cumprirem o mais simples que é trocar lâmpada queimadas.

    Resposta
  • 24 de julho de 2020 em 18:11
    Permalink

    Corroboro com a opinião de todos os anteriores … minha conta de energia que vinha R$ 300,00 … nos últimos meses de Mar, Abr e Mai vieram mais de R$ 1.00,00 … Um verdadeiro assalto da Equatorial sendo que não fiquei dentro de casa consumindo mais energia e nem ninguém da minha família pois continuamos trabalhando … durante a Pandemia !

    Resposta
  • 24 de julho de 2020 em 17:14
    Permalink

    Sao uns verdadeiros ladrões minha energia vinha 65 ou 70 agora veio 118 minha tv ta queimada mal uso a geladeira e veio isso tudo absurdo isso q pais e esse

    Resposta
  • 24 de julho de 2020 em 08:55
    Permalink

    Um verdadeiro absurdo as contas de energia eu moro num bairro da períferia e estou pagando contas de quem mora em bairros nobres da cidade um roubo Grande

    Resposta
  • 23 de julho de 2020 em 20:16
    Permalink

    Minha conta de energia veio alta também, pois antes da pandemia era de 160, Agora veio acima de 200.

    Resposta
  • 23 de julho de 2020 em 19:09
    Permalink

    Isso msm … a conta de energia ta vindo muito cara ta um absurdo

    Resposta
  • 23 de julho de 2020 em 17:44
    Permalink

    A 20 dias fiz o pedido de religação até hoje disseram que não estava no sistema mais com 3 dias veio um talão cobrando umas taxas tinha 2 débito paguei a taxa veio de 9 reais já fui cobrado e a religação nada

    Resposta
  • 23 de julho de 2020 em 15:07
    Permalink

    Por que menina já tá r$ 1748 eu tenho direito de pagar esse valor se eu não usei eu tenho direito quando eu uso não é isso gente é porque veio um absurdo desse Me ajuda aí gente se eu vou posso procurar meus direito ou não

    Resposta
  • 23 de julho de 2020 em 07:41
    Permalink

    Porque essa empresa pertence a eles amigo!

    Resposta
  • 22 de julho de 2020 em 23:57
    Permalink

    Isso e uma vergonha oque o povo paraense ta passando na mão dessa concessionária de energia e os nossos políticos não move uma pena contra esse empresa quem podera nós salvar

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *