Paraenses são confundidos com milicianos e sofrem tortura no Rio de Janeiro

Caso aconteceu no morro da Rocinha, na Zona Sul da capital carioca, onde turistas foram sequestrados. Todos passam bem.

Na madrugada de sábado (12) seis moradores de Belém foram confundidos com milicianos por traficantes da comunidade Rocinha, morro dentro da Zona Sul da cidade carioca com cerca de 100 mil habitantes. O grupo só escapou da morte por intervenção da Polícia Militar fluminense, já hoje pela manhã.

As vítimas ainda não estão identificadas, mas já circula um vídeo nas redes sociais em que duas delas agradecem à ação da polícia militar carioca. Foram os PMs que tiraram os paraenses das mãos do tráfico na comunidade da Rocinha.

A informação é que o grupo de moradores de Belém estava a passeio recente no Rio de Janeiro, e nesta noite de sexta-feira (11), decidiu ir a um show de pagode na Rocinha.

Na comunidade no morro, foram confundidos com milicianos, retirados da festa, humilhados e torturados por integrantes do tráfico. A Redação Integrada apura mais informações sobre o caso que inclusive tem registro no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, onde os paraenses receberam assistência. Todos passam bem.

 

Fonte: O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *