Acidente entre caminhonete e carro deixa uma vítima e vários feridos em Marabá

Um acidente envolvendo uma camionete Hillux, que levava três pessoas, e um HB-20, transportando cinco passageiros, resultou na morte de uma mulher e vários feridos. O caso foi registrado na tarde deste domingo, dia 27, na saída de Marabá em direção a São Domingos do Araguaia, na BR-230.

Segundo informações, os dois veículos envolvidos no acidente foram parar fora da pista, numa distância de cerca de 30 metros de um para o outro. A camionete, de placa OYQ-3828, de Juazeiro do Norte-CE, transportava três rapazes que trabalham com venda de semi-jóias e estariam retornando para seu estado de origem.

A vítima estava no HB-20, de placa OSW-2699, de Tucuruí. Outras duas vítimas também foram retiradas com graves lesões, sendo que uma delas ficou presa nas ferragens do veículo. O Corpo de Bombeiros foi acionado e os militares precisaram utilizar motosserra para remover as ferragens e retirar o jovem, que apresentava sinais de fratura em uma perna e um braço.

De acordo com o motorista de um terceiro carro, que acionou o Corpo de Bombeiros, a camionete teria forçado a ultrapassagem e bateu de frente com o HB-20, que vinha em sentido contrário.

“Aparentemente, segundo informações de terceiros, o condutor do HB-20 tentou ultrapassagem de um caminhão em faixa contínua e acabou colidindo de frente com a S-10. Mas isso ainda vamos analisar no processo pericial”, disse o policial rodoviário federal Magalhães

O cabo Queiroz, do Corpo de Bombeiros, disse que o trabalho para retirar a vítima das ferragens foi o mais célere possível e demoraram cerca de 40 minutos para conseguir tirá-lo de dentro do HB-20. “Infelizmente a moça veio a óbito, o que nos deixa tristes”.

Os ocupantes do HB-20 eram Leonardo Pereira Rocha, Michaele, Antonia Cláudia Lopes Santos, Mateus de Lima Rocha e Ana Carolina Costa e Silva, que faleceu. Cícero Pereira Vasconcelos disse que estava no banco de trás da camionete, dormindo, quando aconteceu o acidente. “Eu não vi como aconteceu. Quando acordei, já estava aqui fora da estrada”, contou, revelando que estavam seguindo de Marabá para o Ceará.

Com a contradição de informações, apenas a perícia da PRF poderá determinar quem, de fato, estava na contramão e foi responsável pelo acidente.

Fonte: Correio de Carajás

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *