Fundo de R$ 250 milhões financiará projetos de conservação, socioeconômicos sustentáveis, científicos e tecnológicos na região amazônica

Iniciativas que visam ampliar a conservação da floresta e o desenvolvimento sustentável das comunidades que nela vivem poderão enviar suas propostas para o Fundo JBS pela Amazônia, que integra o Programa Juntos pela Amazônia, e financiará ações com aporte de R$ 250 milhões nos primeiros cinco anos. Serão apoiados projetos em três frentes: conservação e restauração da floresta; desenvolvimento socioeconômico das comunidades e desenvolvimento científico e tecnológico. Em breve serão divulgados os canais de comunicação para a submissão de projetos.

O Fundo, iniciativa de uma grande multinacional brasileira de alimentos, será presidido por Joanita Maestri Karoleski com o apoio de um Conselho de Administração, um Conselho Fiscal, um Conselho Consultivo e um Comitê Técnico (nomes abaixo). O Comitê Técnico e o Conselho Consultivo auxiliarão na escolha de projetos que receberão aportes do Fundo, que será auditado pela KPMG. Todo o processo será reportado e os resultados publicados no site. “Conter o desmatamento ilegal é um desafio central para a defesa da Amazônia. Esse problema só será combatido efetivamente por um olhar voltado à qualidade de vida e à geração de renda para a população da região, indígenas, ribeirinhos e quilombolas, por exemplo”, afirma Joanita Maestri Karoleski, presidente do Fundo.

O Fundo estará aberto a novos parceiros. A meta é levar os recursos a um total de R$ 1 bilhão até 2030. “Acreditamos em uma Amazônia sustentável, pois sabemos que preservação ambiental e desenvolvimento socioeconômico são indissociáveis”, ressalta Joanita.

Programa – O Fundo JBS pela Amazônia faz parte do Programa Juntos Pela Amazônia, conjunto de iniciativas com visão de longo prazo que visam aumentar a conservação e o desenvolvimento do bioma, engajando o setor de alimentos. O programa integra a prioridade Mudanças Climáticas, do plano de metas globais de sustentabilidade da JBS, indústria de alimentos que está conduzindo esta iniciativa. Os pilares fundamentais do Juntos Pela Amazônia são: desenvolvimento da cadeia de valor; conservação e recuperação de florestas; apoio às comunidades; e desenvolvimento científico e tecnológico.

Além do Fundo, estão previstas mais três grandes iniciativas que visam contribuir para garantir maior sustentabilidade na cadeia de fornecimento de alimentos: a operação da Plataforma Verde JBS, sistema blockchain que permitirá que a companhia inclua em sua base de monitoramento os fornecedores de seus fornecedores de bovinos até 2025. Outra iniciativa é o compartilhamento da já consolidada tecnologia de monitoramento de fornecedores da empresa e da política de compra responsável com sua cadeia de valor, o que inclui toda a indústria de alimentos, desde pecuaristas, agricultores a instituições financeiras e do agronegócio. A terceira iniciativa será o apoio ambiental, agropecuário e jurídico aos fornecedores.  “Estamos reafirmando publicamente o nosso compromisso com a sustentabilidade da Amazônia. Esperamos promover um avanço em escala não apenas em direção ao combate ao desmatamento, mas também à promoção da bioeconomia, agricultura sustentável e desenvolvimento social”, afirma Gilberto Tomazoni, CEO Global da JBS.

RG 15 / O Impacto

Imagem: Pixabay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *