Polícia Civil prende advogado durante segunda fase da operação Lost

Na sexta-feira (01), a Polícia Civil de Redenção e o Ministério Público do Estado deflagraram a segunda fase da operação Lost com o cumprimento de três mandados  de conversão de prisão temporária em prisão preventiva, em desfavor de três homens envolvidos no desaparecimento do Presidente da Associação Regional de Pessoas com Epilepsia de  Redenção/PA e candidato a vereador Cícero José Rodrigues de Souza.

O corpo da vítima ainda não foi encontrado. As investigações concluíram a participação de pelo menos cinco pessoas. Ainda nesta sexta-feira (1) foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva e busca e apreensão em desfavor de um advogado. Além do mandado de prisão cumprido, foram apreendidos aparelhos celulares, computadores notebook e chips.

“No que tange ao mandado de medidas cautelares diversas da prisão e busca e apreensão em desfavor de outro alvo, informo que o mesmo não foi cumprido em razão do alvo estar em viagem a outro Estado da Federação, mas tomou ciência da existência do mesmo através do advogado presidente da Subseção de Redenção/PA, se comprometendo a comparecer na Superintendência Regional tão logo retorne para este município, já na próxima semana”, explicou o delegado Luciano Freitas Faria, Superintendente Regional do Araguaia Paraense.

Quatro pessoas já foram presas. A investigação foi conduzida pela Superintendência Regional do Araguaia Paraense, com apoio do Núcleo de Apoio a Investigação – NAI/SUL, acompanhada  pelo Ministério Público do Estado do Pará.

RG 15 / O Impacto com Agência Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *