A ADVOCACIA NA LINHA DE FRENTE

Por Ítalo Melo de Farias – Advogado e Presidente da OAB Santarém

A advocacia não passou ilesa por 2020. Foram muitas as dificuldades enfrentadas. E os advogados que são em sua maioria profissionais que dependem da atividade econômica, tiveram que enfrentar além das preocupações naturais com a pandemia e a instabilidade política, redução significativa nos seus rendimentos. As mudanças significaram a necessidade de um reaprendizado para que os advogados pudessem continuar a exercer o seu ofício.

Nessa minha primeira manifestação do ano quero exaltar a grande força da advocacia, em especial a santarena, para continuar no árduo trabalho de se fazer justiça. O golpe mais duro, entretanto, veio justamente da perda de colegas advogados como o nosso Presidente da Subseção Ubirajara Bentes, Dulfe Marinho e Youssef Valente. Ainda levará muito tempo para que possamos assimilar a ausência de amigos tão queridos. Ao mesmo tempo, em um ano de perdas, podemos também comemorar as conquistas. Como exemplo podemos vislumbrar com orgulho e esperança o fato de que as vacinas estão a ser desenvolvidas em tempo recorde e que se mostram seguras para trazer de volta a tranquilidade aos nossos lares e a nossa sociedade.

A saúde pública em nosso país, tão combalida há anos, entrou de vez na pauta de discussão e hoje fica muito claro para todos a importância estratégica de investimentos nessa área. Na advocacia as dificuldades foram terríveis, entretanto, a capacidade de superação dos nossos colegas se igualou ao tamanho dos desafios. Ficamos mais tecnológicos. Na verdade, os recursos já estavam a nossa disposição, porém havia um comodismo ou mesmo um desconhecimento em utilizá-los. Descobrimos um leque maior de possibilidades ao nosso redor.

Tenho certeza de que a advocacia do Século XXI se inicia de vez com a conclusão desses tristes eventos. Os desafios e as dificuldades não vão simplesmente desaparecer com o início do novo ano. Teremos que oferecer novas respostas e trabalhar nas soluções que já começamos a construir. A minha mensagem neste início de ano é para exaltar essas incríveis contradições da natureza humana.

Pedir para todos um período de mais amor, compreensão e principalmente esperança. Quero ainda reafirmar que a advocacia e a nossa instituição estarão sempre à serviço da sociedade oferecendo respostas para os momentos mais difíceis. Feliz 2021!

 

RG 15 / O Impacto

Um comentário em “A ADVOCACIA NA LINHA DE FRENTE

  • 9 de janeiro de 2021 em 10:44
    Permalink

    Eis uma verdade incontestável. A profissāo de advogado é árdua..Hoje, mais do que em qq tempo se agravou, nāo só pela perda de mercado com a desjudicializaçāo do divórcio, do inventário e partilha judiciais, mas, sobretudo, pela longa transição e mutação de nosso sistema jurídico, onde sobressai uma Constitiiçāo completamente esfrangalhada , uma insegurança e instabilidade de todas nossas instituições, em especial, o STF, sob achaques cruéis e afrontosos e extrapolando limites de atuaçāo jurisdicional, e.g , no affaire em que instaurou inquérito preparatório de açāo penal à revelia do MP e até mesmo após desautorizado , bem assim em outras decisões para as quais nāo está vocacionado no plano constitucional , tudo isso se acresça ao autoritarismo insuportável de nossos juízes , a conspirar em desfavor de nossa atuação. Vale-nos o espírito guerreiro e inquebrantável afeiçoados ás causas que nos sāo afetas.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *