Policia Civil prende acusado de matar Padre Ronaldo

O acusado de matar o padre José Ronaldo Gomes de Brito, 37 anos, na localidade de Bela Vista do Juá, em Santarém, no oeste paraense, foi preso na tarde desta segunda-feira (11) por equipes da Delegacia de Homicídios do município, da 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil e da Superintendência Regional do Baixo Amazonas. O acusado estava escondido na casa de familiares, no bairro do Aeroporto Velho.

O pedido da prisão temporária de Christian Roberto da Silva, 19 anos, foi deferido na última quarta-feira (06). Christian, acompanhado do advogado, havia comparecido na tarde da segunda-feira (4) à 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil do Pará, e acabou confessando o assassinato do religioso.

Ao longo de toda a semana, policiais civis realizaram busca no imóvel indicado como residência do suspeito, mas ele não foi encontrado. Os policiais também estiveram em endereços de familiares, de pessoas que conhecem Christian e em comunidades próximas, informou a delegada Raissa Beleboni.

O preso será submetido a exame de corpo de delito e encaminhado à Central de Triagem Masculina de Santarém, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A vítima, que era padre da Paróquia Santo Antônio de Pádua, no município de Belterra, vizinho a Santarém, também coordenava a Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Santarém. O corpo do padre foi encontrado no último dia 3 de janeiro.

RG 15 / O Impacto com Agência Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *