Passageiro morre e motorista de aplicativo é baleado durante emboscada

No início da noite de ontem (11), por volta de 19h40, o passageiro Moisés Amorim Andrade, 40 anos, morreu dentro de um veículo após ser atingido por disparos de arma de fogo durante uma emboscada, na Rua das Cacimbas, Bairro do Amapá, no complexo Cidade Nova, em Marabá, sudeste do Pará.

Já o motorista de táxi por aplicativo, Pedro Freire Mendes, foi atingido pelos tiros, mas foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), conduzido para o Hospital Municipal de Marabá (HMM) e teria conseguido sobreviver. O estado de saúde dele não foi divulgado pela família.

De acordo com informações da polícia, Moisés Andrade já havia sido preso pela prática de crime enquadrado no Art. 157 (assalto à mão armada), com pena de 4 a 10 anos. Já Pedro Mendes teria informado à polícia que estava apenas realizando uma corrida de táxi.

O local da execução de Moisés fica próximo a uma conhecida “boca de fumo”. A Polícia Militar foi acionada e realizou a preservação da cena de crime. Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) esteve no local do homicídio para remoção do corpo. O Departamento de Homicídio da 21ª Seccional Urbana investiga o caso.

Fonte: Portal Debate Carajás

2 comentários em “Passageiro morre e motorista de aplicativo é baleado durante emboscada

  • 12 de janeiro de 2021 em 20:26
    Permalink

    Escravos de multinacionais ? kkkkkkkkk……conversa de mula ptreva, pois a vantagem principal é não ter patrão !

    Resposta
  • 12 de janeiro de 2021 em 12:31
    Permalink

    Táxi é Táxi, motorista e aplicativo são escravos de multinacionais. Não misturem os termos.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *