Acampamento irregular em terra indígena no Pará é desmontado

A fim de garantir o cumprimento dos direitos originários expressamente previstos na Constituição para os povos indígenas, a Polícia Militar do Pará interrompeu na manhã de terça-feira (19) uma ocupação irregular de terras indígenas, que estava acontecendo no município de Garrafão do Norte. Após diálogo, representantes da Funai e agentes da Polícia Militar convenceram os ocupantes, que saíram pacificamente das terras.

06e07d53 d426 4d44 80e7 a27d3689126aDivulgação

Militares do 51º Pelotão, unidade que integra a 10ª Companhia Independente de Polícia Militar (10ª CIPM), foram acionados por indígenas da etnia Tembé, acerca da invasão de suas terras. Segundo eles, os ocupantes também estariam extraindo madeiras nobres que eram ambientalmente protegidas na reserva.

ddd5bb62 0264 4a29 aa00 dc0bc0736f4aDivulgação

Acompanhados de representantes da Funai, a equipe policial então se dirigiu até o local e constatou diversos acampamentos montados dentro da reserva ambiental. Após diálogo com os mais de 20 ocupantes, a Polícia Militar orientou acerca dos direitos à propriedade indígena e desocupou a área de forma pacífica.

RG 15 / O Impacto com informações da PM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *