Ministério da Saúde nomeia marketeiro paraense com salário de R$ 13 mil

Foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) a contratação do paraense Marcos Eraldo Arnoud, também conhecido como “Markinhos Maniçoba” e “Markinhos Show”. Ele tem assessorado o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, como assessor especial da pasta, desde dezembro, como marqueteiro do militar e chefe da comunicação do ministério.

Marcos Arnoud agora foi oficializado na função nesta quarta-feira, 20, com salário de R$ 13.623.

A nomeação tenta brecar a quantidade de críticas sobre Pazuello, que tem dado informações contraditórias sobre a condução da pandemia de covid-19 e uso da cloroquina.

Após meses de defesa e entrega em massa pelo governo federal de medicamentos sem eficácia contra a covid, como a cloroquina e a hidroxicloroquina, o ministro disse que nunca estimulou o uso desses tratamentos.

Markinhos vem defendendo o governo, especialmente o ministro da Saúde, nas redes sociais, usando a sua conta pessoal.

Em seu site, “venda para o cérebro”, Markinhos se define como “Palestrante Motivacional, Master Coach, Análista em Neuromarketing, Especialista em Marketing, SEO, Hipnólogo, Mentalista, Practitioner em PNL, Músico, Empreendedor e Especialista em Marketing Político.”

Oxigênio

Durante o auge da crise pela falta de oxigênio em Manaus (AM), o marqueteiro paraense lançou insinuou que o dinheiro federal foi desviado pelo governo do Amazonas.

“Com todos esses bilhões que foram para Manaus, não tiveram um centavo para montar uma fábrica de oxigênio em cada hospital? Não sobrou um real para comprar um cilindro? Enfiaram todo esse dinheiro no c…” A corrupção mata! (sic.)”, escreveu Markinhos no Twitter.

Fonte: O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *