Polícia Civil prende membros de facção criminosa que organizavam e comandavam crimes no Pará

A Polícia Civil do Pará enviou 16 Policiais Civis para os Estados de Minas Gerais e Santa Catarina, onde foi deflagrada a operação “Cabeças II”, na manhã de segunda-feira (25). A ação teve como principal objetivo cumprir mandados de prisão de membros de facção criminosa de âmbito nacional, que organizavam e comandavam crimes no Pará.

Após quatro meses de investigação por meio do sistema de inteligência da PC, os investigados foram localizados.

A ação foi realizada de forma integrada com as polícias civis dos demais estados. Sendo que, os agentes da PC foram divididos em quatro equipes com quatro policiais cada, sendo que oito foram enviados para Minas Gerais e oito para Santa Catarina. Até o momento, as prisões dos membros foram realizadas em Florianópolis e Criciúma, no Estado de Santa Catarina, e Uberlândia, em Minas Gerais. Todos são conselheiros finais da Facção Criminosa. Eles serão trazidos para o Estado do Pará e, posteriormente, transferidos para uma unidade prisional Federal.

Participaram da Operação, policiais civis do Núcleo de Inteligência Policial, Coordenadoria de Operações Especiais, Diretoria de Policia Especializada, Divisão de Homicídios e Delegacia de Repressão a Crimes Organizados.

RG 15 / O Impacto com Agência Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *