Estudante de direito plantava maconha turbinada

Felipe Coutinho Vaz, estudante de direito de 31 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira, 27. O flagrante foi por tráfico de drogas, acusado pela plantação de skunk (variação de maconha criada por cruzamentos e muito mais potente) em dois sítios e uma casa nos bairros de Itaipuaçu e Ponta Negra, na cidade de Maricá, na Região Metropolitana do Rio.

A Polícia Civil contabilizou mais de 1 mil pés, que resultavam em R$ 150 mil a cada colheita, que rendia entre 3 kg e 5 kg. Cada quilo da droga era vendido a R$ 30 mil.

O esquema de plantio era sofisticado, em um galpão, com iluminação especial e equipamentos de ventilação, de controle de temperatura e iluminação.

Fonte: O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *